Por

Após ter o número de protocolo gerado no site do INSS, o segurado poderá acompanhar todo o andamento do processo pelo e-recursos, nova ferramenta no site www.previdencia.gov.br.

Na página, do lado esquerdo onde está escrito "Serviços do INSS", clique em "Todos os serviços". Vai abrir outra tela. Nela aparece o item "Recursos". Nessa opção, clique no botão verde "Acompanhar andamento". Em seguida vai aparecer o e-recursos (www.erecursos.previdencia.gov.br/web).

Nela informe o protocolo, CPF, número do benefício e código de segurança. "O prazo para o INSS responder à apelação é de 30 dias", adverte Adriane Bramante, vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP). O prazo máximo de todo processo é 85 dias.

Nesse tipo de recurso, a papelada vai direto para análise do perito da junta, informa o INSS. "É importante ressaltar que, como o segurado não passará por perícia no posto, ele deve trazer toda documentação médica, como laudos, exames, receitas e atestados, por exemplo, para quando for avaliado pelo corpo técnico de peritos na junta", orienta Regina Hygino, do INSS.

Alguns itens precisam ser descritos no documento que será entregue no posto, informa o instituto. São eles: nome do segurado, número de identidade, CPF ou do PIS/NIT, endereço completo para envio de correspondência, motivo do recurso, como indeferimento, cessação e suspensão do benefício, por exemplo.

Você pode gostar
Comentários