Crianças têm aula dentro de açougue após ficarem sem escola

Alunos do interior da Bahia estudam em local improvisado há quatro meses. Más condições atrapalham as atividades

Por O Dia

Bahia - Cerca de 35 alunos, com idade entre 8 e 13 anos, estão tendo aulas em um espaço improvisado que também funciona como açougue aos domingos, no município de Antônio Cardoso, região de Feira de Santana, no interior da Bahia.

Crianças estão tendo aulas em açougue há quatro mesesReprodução TV Subaé

Filhos de lavradores da zona rural, as crianças e adolescentes, com idade entre 8 e 13 anos, têm aulas no local há quase quatro meses. Segundo reportagem da Tv Subaé, os alunos se mudaram par ao local após a antiga escola que funcionava na região virar uma creche. Ao todo, a rede municipal tem 2.580 alunos e apenas 26 salas de aula.

De acordo com a Secretaria de Educação, as aulas estão sendo realizadas no açougue de maneira provisória até que seja encontrado um novo imóvel no distrito para aluguel, e que já existe projeto de reforma e construção de novas escolas em Antônio Cardoso.

De acordo com a reportagem, os meninos e meninas estudam em situação precária, em meio a um freezer, ganchos e engradados de bebida. Outra reclamação é o frequente mau cheiro de carne, que já levou algumas crianças a passar mal.

Pequeno e desconfortável, o espaço carece de ventiladores e está com as telhas quebradas. A parte elétrica também está comprometida e o quadro usado pela professora é pendurado na janela do açougue. Como não há banheiro no local, os estudantes usam um banheiro público próximo, que também apresenta em más condições.

Segundo o secretário municipal de Educação, Cleves Serra, a situação deve ser resolvida em até dez dias.

Últimas de Brasil