Passarela do rock

Público capricha na produção com peças que estão em alta, como tops croppeds, shorts e bodies

Por O Dia

Rio - Desde 1985, o Rock in Rio traz uma diversidade em sua programação musical que se estende ao seu público. A edi - ção deste ano, a sétima em sua história, não seria diferente. E na nova Cidade do Rock, vimos no último fim de semana, um desfile de tendências e muita atitude. Entre o público feminino, reinaram as produções confortáveis, mas com radar no que está em alta: quimonos, óculos espelhados, tops croppeds, fran jas, transparências, botas e boots.

Terceiro dia do megaevento%2C na Cidade do Rock. Na imagem%2C Jéssika MascarelloAlexandre Brum / Agência O Dia

Além disso, foi um festival de shorts, bodies, meias transadas, leggings, chapéus e camisetas estilosas desfilando no gra - mado. A liberdade nos looks imperou. A maquiadora Jéssika Mascarello, 28 anos, nossa garota da capa, veio de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e esteve na plateia dos dois dias de shows.

Na foto, ela está com o look do domingo passado. “Neste dia, fui para assistir a Walk the Moon e Justin Timberlake. Montei meu visual pensando nisso”, diz. “As roupas que estou usando são de brechó. Ah, o óculos que fez sucesso é da marca Viu021. Gosto de pensar no estilo quando me visto”.

Josy Ramos, do blog 'Modices', no estilo da cabeça aos pésBrunna Condini / Agência O Dia

Amigas há 20 anos, as cariocas Julia Maia, 37, coordenadora de eventos do Vivo Rio, e a consultora Luiza Aguiar, 35, estiveram nos shows de Alicia Keys e Frejat. “Já fomos a muitos shows juntas. Adoramos!Quando imagino uma roupa, penso no que me cai bem e é confortável. Isso pode ficar estiloso ou não, o importante é me sentir bem”, diz Julia.

Julia Maia e Luiza Aguiar Brunna Condini/ Agência O DIA

Já Luiza conta que curte e se diverte montando suas produções. “Julia é mais básica, e eu gosto de um look com mais atitude. Essa camisa vi na vitrine da Renner há um tempo, é masculina, mas bati o olho e sabia que ela comporia um visual bacana. A meia foi barata e trouxe de uma loja de departamentos quando fui a Londres”, lembra. “Mas claro que estar confortável também é ter estilo, tanto que estávamos de shorts por conta do calorão e de tênis.

Mariana PuglielliBrunna Condini/ Agência O DIA

Para ter estilo, não necessariamente você precisa gastar muito. Dá para ter um diferencial na imagem que a roupa traduz, gastando menos também”, ensina Luiza. Julia concorda e observa que, mesmo num visual básico, os acessórios podem ser as ‘estrelas’. “Eles podem fazer toda diferença do seu básico para o básico de outra pessoa. Este colar que estou usando da Carol Oliwe é lindo e versátil. Dá para usar num look para o dia ou para a noite”.


Últimas de Diversão