Preço do botijão de gás de cozinha sobe

Reajuste ao consumidor deve ficar em 2,2%

Por O Dia

Rio - O botijão do gás de cozinha está mais caro a partir de hoje. A Petrobras anunciou reajuste de 6,9%, em média, sobre os preços do GLP em botijões de até 13 quilos nas distribuidoras e revendedoras de todo o país. Conforme a estatal, se a correção for repassada aos consumidores, o preço do vasilhame pode ser reajustado, em média, em 2,2%. Desta forma, o valor médio cobrado no Município do Rio vai subir de R$57,05, de acordo com a última pesquisa da Agência Nacional de Petróleo (ANP), para R$ 58,31.

Mudança na política de preços poderá aumentar botijão de gás em até R%241%2C25 por unidadeDivulgação

O mesmo levantamento da agência reguladora mostra que os preços variam na cidade de R$40,95 a R$ 75,90 nos postos de venda. Com a correção iriam para R$ 41,85 e R$ 77,57. Conforme a Petrobras, a correção acompanha a política de preços divulgada no dia 7 de junho deste ano. O ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos.

Cai liminar de combustível

O vice-presidente do TRF da 2ª região, desembargador Guilherme Couto de Castro, suspendeu a liminar da Justiça Federal de Macaé, que impedia o aumento de alíquotas dos impostos sobre combustíveis.

O pedido de suspensão foi apresentado ontem pela Advocacia-Geral da União (AGU). O vice-presidente do TRF2 lembrou que a medida da primeira instância poderia causar prejuízo à ordem pública, “tendo em vista o evidente impacto na arrecadação e no equilíbrio nas contas públicas”.

Últimas de Economia