Schumacher tem noite estável na UTI, diz assessora

Segundo Sabine Kehm, o ex-piloto não teve regressão em seu estado de saúde e continua internado em coma induzido

Por O Dia

França - Internado em coma induzido desde o último domingo, quando sofreu um acidente de esqui na França, Michael Schumacher apresentou estabilidade em seu quadro clínico na última noite de 2013. Segundo Sabine Kehm, porta-voz do ex-piloto, o alemão não teve regressão em seu estado de saúde na UTI do Centro Hospitalar Universitário de Grenoble. As informações são do jornal alemão "Bild".

"O Michael está sendo monitorado durante todo o tempo e sua condição foi estável durante toda a noite. Nada mudou", disse Sabine, que julgou desnecessário convocar nova conferência de imprensa já que não "existiram alterações significativas" no estado de saúde de Michael Schumacher.

No último domingo, o ex-piloto alemão se chocou com uma rocha enquanto esquiava numa pista sem sinalização na estação de esqui Méribel e desde então continua internado em coma induzido na UTI do hospital de Grenoble. Relato de um socorrista ao jornal alemão "Bild" disse que o capacete do alemão se partiu em dois com o impacto.

Na noite desta segunda-feira, Schumacher foi submetido a uma segunda cirurgia para a retirada de hematomas cerebrais causados pelo traumatismo craniano após o acidente. De acordo com os médicos que cuidam do alemão no hospital de Grenoble, na França, ele tem reagido melhor ao tratamento.

Campeão de Fórmula 1 em sete oportunidade, Schumacher se aposentou pela segunda vez em dezembro de 2012, após um retorno decepcionante às pistas. Ele havia se retirado pela primeira vez em 2006. Ao longo da carreira, o alemão conquistou 91 vitórias e 68 poles.

Últimas de Esporte

Schumacher tem noite estável na UTI, diz assessora O Dia - Esporte

Schumacher tem noite estável na UTI, diz assessora

Segundo Sabine Kehm, o ex-piloto não teve regressão em seu estado de saúde e continua internado em coma induzido

Por O Dia

França - Internado em coma induzido desde o último domingo, quando sofreu um acidente de esqui na França, Michael Schumacher apresentou estabilidade em seu quadro clínico na última noite de 2013. Segundo Sabine Kehm, porta-voz do ex-piloto, o alemão não teve regressão em seu estado de saúde na UTI do Centro Hospitalar Universitário de Grenoble. As informações são do jornal alemão "Bild".

"O Michael está sendo monitorado durante todo o tempo e sua condição foi estável durante toda a noite. Nada mudou", disse Sabine, que julgou desnecessário convocar nova conferência de imprensa já que não "existiram alterações significativas" no estado de saúde de Michael Schumacher.

No último domingo, o ex-piloto alemão se chocou com uma rocha enquanto esquiava numa pista sem sinalização na estação de esqui Méribel e desde então continua internado em coma induzido na UTI do hospital de Grenoble. Relato de um socorrista ao jornal alemão "Bild" disse que o capacete do alemão se partiu em dois com o impacto.

Na noite desta segunda-feira, Schumacher foi submetido a uma segunda cirurgia para a retirada de hematomas cerebrais causados pelo traumatismo craniano após o acidente. De acordo com os médicos que cuidam do alemão no hospital de Grenoble, na França, ele tem reagido melhor ao tratamento.

Campeão de Fórmula 1 em sete oportunidade, Schumacher se aposentou pela segunda vez em dezembro de 2012, após um retorno decepcionante às pistas. Ele havia se retirado pela primeira vez em 2006. Ao longo da carreira, o alemão conquistou 91 vitórias e 68 poles.

Últimas de Esporte