Pan dá início as provas do atletismo neste sábado com a maratona feminina

Brasil tenta o bicampeonato com Adriana Aparecida da Silva e a valente alagoana Marily dos Santos. Peruanas, com marcas abaixo de 2h29min, deverão ser as principais adversárias

Por O Dia

Toronto - Uma das principais atrações do Pan, o atletismo começa neste sábado, e com um dos eventos mais interessantes: a maratona feminina. Adriana Aparecida da Silva, campeã em Guadalajara, luta pelo bicampeonato. As condições serão radicalmente diferentes: em vez do clima tórrido e seco do México, poderá haver uma chuva fina e temperatura de 18 graus, o que deve favorecer boas marcas.

Mesmo diante de todas as adversidades, Adriana bateu o recorde do Pan, ao registrar 2h36min37. Em Toronto, a maratona será disputada em quatro voltas num circuito montado no Ontário Place West Channel, que fica no belo Parque Pan-Americano.

A maratonista Adriana Aparecida tem marca para a Olimpíada do Rio 2016Wagner Carmo/Inovafoto/COB

"O objetivo é tentar fazer o meu melhor tempo desta temporada e brigar por um lugar no pódio", comentou Adriana, que correu a Maratona de Nagoya, no Japão, no dia 08 de março, em 2h35min28, obtendo a qualificação para os Jogos Olímpicos do Rio. "Ainda não sei a lista de participantes, mas acho que a prova será muito dura, especialmente se as melhores peruanas correrem", lembrou a atleta, referindo-se a Gladys Tejeda e Inés Melchor, que completaram a distância este ano em menos de 2h29.

A outra representante do Brasil é a valente alagoana Marily dos Santos, criada na roça, que aposta numa preparação feita num sítio em Ipojuca, a 60 quilômetros de Salvador. Lá, ela se beneficia de uma alimentação natural, com leite de cabra e ovo de pato.
"A Adriana tem de fazer a prova dela, como ocorreu em Guadalajara, no ritmo proposto a partir dos treinamentos. O resultado será consequência", comentou o técnico Cláudio Roberto de Castilho, que orienta a atleta.

Marily, também qualificada para a Olimpíada, tem o objetivo de correr abaixo das 2h37min25, tempo obtido em fevereiro, em Sevilha.

Últimas de Esporte