Motorista some com ônibus e deixa time de basquete sem ter como voltar para casa

Condutora do veículo estava bêbada e foi presa pela polícia de Nova York

Por O Dia

Estados Unidos - Na noite da última quarta-feira, um time de basquete universitário dos Estados Unidos passou por uma situação no mínimo curiosa. Após perder o jogo contra o St Bonaventure por 70 a 55, o Saint Louis Billikens ficou sem ter como voltar para casa.

Jogadores ficaram jogando baralho enquanto esperavam o ônibus ser encontradoReprodução

A motorista e o ônibus estavam desaparecidos. A condutora do veículo, uma mulher de 56 anos, deixou o time de basquete no local do jogo e seguiu rumo a Randolph, em Nova York, mais de 60 km do ginásia onde acontecia a partida. Lá ela foi presa, pela polícia da cidade, por estar dirigindo embriagada.

"Quando os oficiais estavam fazendo a entrevista com ela, sentiram o cheiro de álcool", disse o policial James O'Callaghan para a ESPN.

A motorista não ofereceu resistência à prisão. Sem antecedentes criminais, a mulher foi levada para a prisão em Cattaraugus County, em Nova York.

"No começo, não sabíamos se o ônibus havia sido roubado ou o que estava acontecendo", comentou O'Callaghan.

A equipe estava preocupada com a situação dos equipamentos e propriedades que estavam no ônibus. Mas jogadores e equipe recuperaram tudo que foi deixado dentro do ônibus horas depois.

Últimas de Esporte