Botafogo pode ter Dagoberto e Borges em 2015

Por volante Gabriel, Raposa pode abrir mão de atacantes

Por O Dia

Rio - Com um orçamento limitado para reforçar o time no próximo ano, o Botafogo deve se aproveitar da valorização de Gabriel para iniciar a formação de uma equipe competitiva capaz de subir de volta para a Série A. O Cruzeiro está interessado em contratar o volante, que foi quem mais roubou bolas no Brasileirão, e, em troca, pode ceder a dupla de atacantes Borges e Dagoberto.

Se concretizada, a negociação cairia como uma luva para o Alvinegro. A prioridade da nova diretoria é justamente contratar jogadores para o setor ofensivo, que deixou muito a desejar no segundo semestre. Além disso, Wallyson, Rogério, Yuri Mamute e Zeballos não continuam no clube.

Dupla pode acertar com o BotafogoDivulgação

O bicampeão brasileiro tem a inteção de repôr a provável saída de Lucas Silva, desejado pelo Real Madrid e Gabriel foi o nome escolhido pelo técnico Marcelo Oliveira.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Mesmo com o rebaixamento do Botafogo, o jogador de 22 anos se destacou principalmente pelas roubadas de bola. Com 105 no total, ele foi o grande especialista no quesito. O Cruzeiro deseja contrar com o volante por empréstimo de duração de um ano.

Borges e Dagoberto não possuem mais a velocidade da época em que formaram dupla no São Paulo, mas seriam reforços de peso para a disputa da Segunda Divisão. O primeiro tem 34 anos e o segundo 31.

O que pode atravancar a transação é uma possível recusa dos atacantes, caso acreditem que ainda possuem mercado na Série A.

RENÊ SIMÕES MAIS PERTO

A cúpula de futebol avançou nas negociações com Renê Simões durante reunião que durou toda a tarde de ontem. Antes de fechar a negociação, entretanto, a intenção é acertar também com o novo gerente técnico para ocupar a vaga de Wilson Gottardo.

Anderson Barros, que esteve no Botafogo entre 2009 e 2012 é o favorito para assumir a função, mas não é unanimidade. Há quem defenda que o Capita Carlos Alberto Torres seja efetivado no cargo. O contrato do ex-jogador com um canal de TV seria o empecilho.