Roger descarta qualquer tipo de comparação com Loco Abreu: 'Os tempos mudaram'

Botafogo vai enfrentar o Bangu neste domingo pelo Campeonato Carioca

Por O Dia

Rio - Passada a derrota para o Fluminense, o Botafogo volta aos gramados no domingo em duelo contra o Bangu. Pela frente, Loco Abreu, ídolo alvinegro e que atualmente defende o clube da Zona Oeste. Principal responsável por colocar a bola no fundo das redes no elenco atual do Glorioso, Roger descartou qualquer tipo de comparação com o uruguaio.

"Eu acho que é um grande jogador. Todos falam muito bem dele aqui no clube. Então teve seu mérito, sua conquistas. Reconheço como goleador. Os tempos mudaram. E a gente precisa criar novas histórias e espero que possa escrever uma história.", afirmou.

Roger falou sobre momento do Botafogo na Taça RioReprodução Twitter

A derrota contra o Fluminense manteve o Botafogo sem vitórias em clássicos em 2017. Nesta temporada, foram três partidas, duas derrotas e um empate. Apesar do retrospecto ruim, Roger prefere analisar cada jogo de uma forma.

"Acho que primeiro temos que analisar jogo a jogo. Contra o Fla, poupamos os titulares. Claro que todos defendem o Botafogo, mas se tem uma equipe titular, é porque aquela equipe está melhor. Contra o Vasco tivemos as melhores chances. Ontem teve o dedo de um grande treinador, que tem todo meu respeito porque foi quem me deu a primeira oportunidade", disse.

O resultado negativo também complicou o Botafogo na Taça Rio. Com o resultado, o Glorioso está fora da zona de classificação para as semifinais. O atacante admitiu que a equipe não consegue repetir no Carioca o futebol da Libertadores. 

"Não tem como negar que a gente joga um futebol na Libertadores e outro no Carioca. É ruim vir e ter que assumir isso. Mas também não sei explicar. Mas a Libertadores é diferente. Tentamos nos concentrar, mas nem sempre sai como a gente quer. Queremos fazer um segundo turno digno e tentar conquistá-lo.", concluiu.