Inglaterra se despede da Copa com empate sem gols contra Costa Rica

Momento mais 'emocionante' foi quando os ingleses puderam ver, pela última vez, Lampard e Steven Gerrard jogando juntos

Por O Dia

Minas Gerais - Inglaterra e Costa Rica se enfrentaram, no Mineirão, apenas para cumprir tabela, nesta terça-feira. Ambas as equipes já tinham seus futuros definidos antes de a bola rolar. Os costarriquenhos estavam classificados para as oitavas de final, depois de vencer Itália e Uruguai. Os ingleses, eliminados, buscavam uma despedida levando três pontos para casa. O empate em 0 a 0 foi justo para um jogo sem grandes emoções em Minas Gerais.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

A Costa Rica jogava para estabelecer uma nova marca. Nunca uma seleção sem título mundial venceu três antigos vencedores de Copas em uma mesma edição de Mundial. Um empate já colocava os costarriquenhos na primeira colocação do Grupo D.

Este jogo contra a Costa Rica foi o 106º jogo do capitão inglês, Frank Lampard, que deve se aposentar da seleção depois do Mundial. A Inglaterra, mesmo eliminada, defendia um tabu de 21 anos contra times da Concacaf. A última derrota dos ingleses foi em 1993, para os Estados Unidos, por 2 a 0.

Em Copas do Mundo, foram quatro jogos na história envolvendo o English Team e seleções da América do Norte e Central. Contra os Estados Unidos duas vezes, uma derrota e um empate, uma vitória sobre o México e mais uma sobre Trinidad e Tobago.

Os costarriquenhos aguardam a definição do Grupo C para conhecer seu adversário nas oitavas de final da Copa do Mundo. Colômbia, Grécia e Costa do Marfim são os candidatos para pegar os caribenhos na próxima fase.

Agora, os ingleses voltam suas atenções para as Eliminatórias da Eurocopa 2016, que será disputada na França. A Inglaterra foi sorteada no Grupo E, junto de Suíça, Eslovênia, Estônia, Lituânia e San Marino.

Campbell aproveitou o jogo para se apresentar aos ingleses, onde jogará na próxima temporada pelo ArsenalReuters

O JOGO

Logo aos dois minutos de jogo Campbell já levou perigo ao gol inglês. O atacante bateu de longe, a bola desviou na zaga e passou perto da trave do goleiro Foster, que nada podia fazer.

Pelo lado da Inglaterra, Sturridge tentava assustar o goleiro Navas arriscando de fora da área. O time inglês pressionava os costarriquenhos e dominava a posse de bola.

A Costa Rica assustou em uma cobrança de falta de Borges. O goleiro Ben Foster se esticou e tocou com a ponta dos dedos para desviar para fora. A bola ainda tocou no travessão antes de sair.

Com o jogo muito concentrado no meio-campo, os ingleses buscavam ultrapassar a barreira de três zagueiros e dois laterais montada pelo treinador costarriquenho. Mesmo com mais posse de bola no primeiro tempo, os caribenhos avançaram pouco ao ataque.

FOTOGALERIA: As imagens do empate de Costa Rica e Inglaterra

Na segunda etapa, a Inglaterra começou concentrando suas jogadas pelas pontas do gramado. Em uma delas, Sturridge tabelou com Milner pela direita e recebeu dentro da área, cara a cara com o goleiro Navas. Na tentativa de tirar a bola do alcance do goleiro, o atacante mandou para fora, passando perto da trave.

Aos 27 minutos, o treinador Roy Hodgson promoveu uma "homenagem" no Minerão. Steven Gerrard saiu do banco para se juntar a Frank Lampard no meio-campo inglês. Os jogadores são uma referência para os torcedores e os jovens atletas ingleses que vão dar seguimento à tradição do país no futebol. Três minutos depois, Wayne Rooney entrou em campo.

Rooney tentou encobrir o goleiro Navas, aos 34 minutos, mas o goleiro fez boa defesa e evitou o gol. Com as equipes acomodadas na partida, a Costa Rica pouco assustava enquanto os ingleses procuravam encaixar um contra-ataque. O zero a zero no placar foi justo, em um jogo sem grandes emoções.

FICHA TÉCNICA

Costa Rica 0 x 0 Inglaterra

Estádio: Mineirão (Belo Horizonte)
Árbitro: Djamel Haimoudi (Argélia)
Público: 57.823
Gols: -
Cartão Amarelo: Barkley (Inglaterra, 10' do 2ºT), Lallana (Inglaterra, 12' do 2ºT), Giancarlo González (Costa Rica, 15' do 2ºT)
Cartão Vermelho: -

Costa Rica: Keylor Navas; Roy Miller, Oscar Duarte, Giancarlo González; Cristian Gamboa, Junior Diaz, Celso Borges (Barrantes, 32' do 2ºT), Yeltsin Tejeda, Bryan Ruiz; Randall Brenes (Bolaños, 14' do 2ºT) e Campbell (Ureña, aos 20' do 2ºT). Treinador Jorge Luis Pinto.

Inglaterra: Foster; Phil Jones, Cahill, Smalling, Shaw; Lampard, Milner (Rooney, 30' do 2ºT), Wilshere (Steven Gerrard, 27' do 2ºT), Barkley, Lallana (Sterling, 16' do 2ºT); Sturridge. Treinador Roy Hodgson.

Últimas de _legado_Copa do Mundo