Rueda ressalta vontade de Diego: 'ele disse que ia jogar até a morte'

Treinador colombiano vai em busca do título da Sul-Americana para entrar na história rubro-negra

Por O Dia

Rio - É impossível pesar a pressão que saiu das costas de Reinaldo Rueda, com a vitória do último domingo. Se a vaga na Libertadores não viesse, até a permanência do colombiano no clube estaria sob risco. Agora, com a missão cumprida, o treinador vai em busca do título da Sul-Americana para entrar na história do Flamengo.

Rueda fez questão de elogiar Diego, autor do gol que garantiu a vitória e a vaga na fase de grupos da LibertadoresReprodução Internet

Rueda fez questão de elogiar a postura de Diego, principalmente por sua perseverança e seu discurso no intervalo da partida contra o Vitória. 

"O Diego tenho que aplaudir. Profissionalismo. Fez grande jogo em Barranquilla, desgaste altíssimo. Era para ele jogar 45 minutos, mas no intervalo ele disse que ia até a morte, até o final. Sua integridade, profissionalismo faz com que suporte o jogo todo".

"A vaga era um projeto institucional, mas a Copa Sul-Americana é um projeto nosso, de orgulho profissional, de que a Sul-Americana vai ficar no Brasil", afirmou o treinador colombiano.