A Palinha do Apolinho: Fla precisa ser frio

Com 70 mil vozes gritando, cantando e passando energia para o gramado, a maior dificuldade do Rubro-Negro, o estado físico, poderá ser superada

Por O Dia

Rio - Acredito no Flamengo nesta noite, mesmo reconhecendo que, jogando com a vantagem do empate, graças à vitória por 2 a 1 na Argentina, o Independiente será adversário duro de ser batido. Com o Maracanã lotado, 70 mil vozes gritando, cantando e passando energia para o gramado, a maior dificuldade da equipe, o estado físico, poderá ser superada. O Flamengo precisará de uma boa pitada de sorte, um gol antes dos 15 minutos, por exemplo. Isso incendiaria a galera e levaria pressão aos argentinos. Vale lembrar que uma vitória simples, por um gol de diferença, levará à prorrogação. Só que há risco, atacar será fundamental, mas defender, essencial. Um gol argentino dobrará as dificuldades, pior ainda porque atuará no ânimo da galera. O técnico Reinaldo Rueda deveria concentrar a rapaziada no freezer, mantê-los frios, prontos para enfrentar situações como catimba, antijogo e provocações. De resto, é entrar vibrando, com gana, jogando como Flamengo.

DIA DE PROVA NO MARACANÃ

Todos os ingressos para hoje foram vendidos. A Polícia fez investida para coibir a venda irregular de bilhetes, dirigentes e torcedores foram presos e outros estão sendo procurados. A oportunidade é ótima para se aprofundarem no tema. O Flamengo informa que não dá ingressos para organizadas, a cota para a torcida visitante é pequena. Como explicar a venda pela Internet e no entorno do estádio? Quem abastece os cambistas? A decisão de quarta com o Independiente será um bom dia para investigar.

PEDALADAS

Do Renato Gaúcho, antes de enfrentar o Pachuca, no Mundial de Clubes, respondendo aos que perguntavam sobre a final com o Real Madrid: "Não posso pensar em final antes de passar a semifinal. E quem te garante que o Real vai à final?"

Del Nero quer Eduardo Bandeira de Melo como um dos vice-presidentes nas eleições de abril na CBF. Acho bom para o futebol, desde que Bandeira mantenha suas convicções e posições, que sempre foram pela modernização da entidade.

BOLA DENTRO

O América entra na primeira fase do Cariocão 2018 disposto a resgatar o prestígio perdido. Quer voltar à elite para não sair. A estreia será no dia 21 contra o Bonsucesso, no Giulite Coutinho.

BORA FORA

O atacante Thalles decepcionou aos que apostaram nele no Vasco. Tinha todas as condições para se destacar numa posição carente. Perdeu para a balança e para si mesmo.

Últimas de _legado_A palinha do Apolinho