Doriva treina lances de bolas paradas de olho na partida contra o Boavista

Com sete desfalques no time, treinador aposta no banco de reservas para vencer a partida da próxima quinta-feira

Por O Dia

Rio - Os desfalques do Vasco obrigaram Doriva a mudar radicalmente o time cruzmaltino. Contando com o entrosamento de quem treina junto há bastante tempo, o técnico espera fazer uma boa partida contra o Boavista, na quinta-feira, às 16h, em Bacaxá, mesmo sem poder contar com sete de seus principais atletas. Escolhido para integrar a equipe no próximo jogo, o volante Lucas afirmou que acredita no potencial do grupo.

O volante Lucas será titular contra o Boavista%2C na próxima quinta-feiraDivulgação

"Apesar dos desfalques temos que entrar para vencer. Independente da situação do Boavista, nós precisamos nos recuperar pois caímos na tabela. Uma vitória é fundamental até para o Fluminense não encostar na gente", disse.

Guiñazu, Bernardo, Serginho, Gilberto e Christiano estão suspensos. Luan, Madson e Dagoberto, lesionados. Já o goleiro Martín Silva foi convocado para a Seleção Uruguaia. Com isso, dos jogadores que enfrentaram o Flamengo no último domingo, apenas Rodrigo, John Cley e Julio dos Santos estarão em campo contra o time de Bacaxá.

Na manhã desta quarta-feira, Doriva comandou treino tático e outro de bolas paradas, em São Januário. Entre o time principal, o treinador escalou: Jordi, Nei, Anderson Salles, Rodrigo, Lorran; Victor Bolt, Lucas, Julio dos Santos, Jhon Cley; Mosquito e Thalles.

"Bola parada decide jogo e o Boavista pode se aproveitar disso. Portanto temos que estar preparados", concluiu Lucas.

O Vasco ocupa a quarta posição na tabela do Campeonato Carioca, com 26 pontos conquistados, apenas quatro a frente do Fluminense, quinto colocado.