Vasco enfrenta o Cruzeiro e busca engatar a terceira vitória consecutiva

Gigante da Colina tenta consolidar arrancada

Por O Dia

Rio - As coisas, enfim, correm como o planejado em São Januário. As duas vitórias deram um novo gás ao Vasco, que começou a difícil caminhada para escapar de mais um rebaixamento no Brasileiro. Estrategicamente, no entanto, o duelo desta quarta-feira, contra o Cruzeiro, às 22h, no Mineirão, ganhou peso e mais importância. Superar a Raposa, que também não está em bom momento, fora de casa, será encarado como um divisor de águas para consolidar de vez a arrancada.

Rafael Silva deve ser titular do Vasco no jogo contra o CruzeiroDivulgação

A improvável vitória sobre a Ponte Preta, que atuou metade do segundo tempo com um a menos, quebrou a longa sequência de maus resultados, deu novo rumo ao time, mas, de certa forma, surpreendeu até o mais otimista dos torcedores. Depois, contra o Atlético-PR, um público ainda tímido - 10.805 pagantes - viu a equipe fazer o dever de casa no Maracanã. Contra o Cruzeiro, o cenário é outro.

TEMPO REAL: Acompanhe, lance a lance, o duelo entre Cruzeiro e Vasco

Além de encarar o atual campeão brasileiro, que também está disposto a espantar a crise, o Vasco, para confirmar o novo momento que vive no Brasileirão, tem o desafio de quebrar uma longa escrita. Há quase 15 anos o time não vence o adversário desta quarta no Mineirão. Curiosamente, o técnico Jorginho estava em campo nos 3 a 1 válidos pela semifinal da Copa João Havelange. De lá para cá, o Vasco disputou 14 jogos no estádio, perdeu 11 e empatou três. Por isso, o zagueiro Luan ainda prefere manter a cautela ao falar sobre o assunto.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

“Estamos muito felizes com o momento que o time vive. Conquistamos duas vitórias importantes, mas conversamos que é preciso manter os pés no chão, pois não conquistamos nada ainda. Temos de pensar jogo a jogo. Será muito difícil contra o Cruzeiro, mas nossa expectativa é fazer um grande jogo no Mineirão e sair de lá com um bom resultado”, afirmou.

Jorginho tem três desfalques

A missão de bater o Cruzeiro fora de casa, que já era difícil, ficou ainda complicada. O técnico Jorginho faz mistério, mas não poderá repetir o time que venceu o Atlético-PR, domingo.

Além de Jorge Henrique e Martín Silva, que sofreram estiramentos de graus 1 e 2, respectivamente, na coxa direita, o atacante Leandrão foi vetado pelo departamento médico e nem sequer viajou com o grupo.

O jogador, com um edema na coxa direita, deve ser substituído por Herrera. Já a outra vaga no ataque deve ficar com Rafael Silva, que, após a expulsão contra o Atlético-MG, teve o seu julgamento adiado no STJD. No gol, Jordi, muito elogiado por Jorginho, volta ao time.