Amizade colorida de Papa é ‘piada’

Bibliotecário rebate BBC e garante que exageram na leitura de correspondência

Por O Dia

Polônia  - Diretor da Biblioteca Nacional da Polônia, Tomasz Makowski afirmou ser “brincadeira de Dia dos Namorados” a reportagem da BBC sobre a amizade intensa de Karol Wojtyla e a filósofa Anna-Teresa Tymieniecka. Depois de ler as 350 cartas, Tomasz Makowski afirma que o documentário da TV britânica brinca com uma certa ambiguidade dos textos. “Dizem que o Papa não violou o celibato, mas sugerem exatamente o contrário”, destaca.

O acadêmico argumenta que as expressões interpretadas como sinais de ternura, como “você é um presente dos céus”, eram coisas que o Pontífice usava frequentemente em sua correspondência. “Quem não sabe isso tira conclusões que não têm relação com a realidade.”

A BBC não afirma que João Paulo II rompeu o celibato, mas dá a entender que Anna o amava.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência