Romário diz que extrato de suposta conta bancária em seu nome na Suíça é falso

Senador publicou comunicado em seu perfil no Facebook

Por O Dia

Rio - Uma semana depois de ironizar a existência de conta bancária na Suíça com R$ 7,5 milhões, o senador Romário (PSB-RJ) divulgou ontem documento do banco BSI, o qual afirma que o extrato bancário em nome do ex-jogador é falso. Há duas semanas, a revista ‘Veja’ publicou matéria com extrato de uma conta na Suíça em nome de Romário.

Romário em Genebra%2C na Suíça Reprodução Facebook

“Acabei de receber do banco suíço BSI a confirmação de que o extrato da suposta conta bancária com o saldo de R$ 7,5 milhões em meu nome é falso. Com essa constatação de grave delito penal, o banco também me comunicou que fez uma queixa penal no Ministério Público de Genebra para que eles possam apurar o crime”, escreveu Romário, na sua página no Facebook.

À noite, a revista 'Veja' pediu desculpas ao senador. "Nós estabelecemos como certo que este extrato bancário é falso e que o Sr. Romário de Souza Faria não é o titular desta conta em nosso banco na Suíça. Por ter publicado um documento falso como sendo verdadeiro, VEJA pede desculpas ao senador Romário e aos seus leitores", diz comunicado da revista.

O documento apresentado pelo ex-jogador está em francês. Foi feita tradução para o português. “Nós estabelecemos como certo que este extrato bancário é falso e que o Sr. Romário de Souza Faria não é o titular desta conta em nosso banco na Suíça. Os fatos que precedem nos parecem constituir diversos delitos penais graves, em particular o ‘falso nos títulos’ (art. 251CP). Diante dos fatos, a BSI SA solicita a abertura imediata de um procedimento penal”, esclarece o documento, segundo a tradução apresentada na página de Romário.

No post, o ex-jogador informou ainda que os documentos enviados pelo banco suíço estão em seu site. “Diante dessas provas, enterramos, definitivamente, qualquer mentira sobre o assunto. Os falsificadores, mentirosos e caluniadores responderão à justiça brasileira e suíça”, escreveu Romário.

Ele afirmou que o Ministério Público Federal (MPF) também emitiu uma certidão comprovando que não há nenhuma apuração de suposta conta bancária. 


Acabei de receber do banco suíço BSI a confirmação de que o extrato da suposta conta bancária com o saldo de R$ 7,5 milh...

Posted by Romário Faria on Quarta, 5 de agosto de 2015








Últimas de _legado_Brasil