Editorial: Resta pouca esperança para a Baía

Não restam dúvidas de que em agosto de 2016 surgirão mutirões e gambiarras para reduzir o risco de vergonha perante o mundo

Por O Dia

Rio - Ontem, a 500 dias da Cerimônia de Abertura da Olimpíada de 2016, a Enseada de Botafogo era a mais perfeita tradução do fracasso do programa de despoluição da Baía de Guanabara. Quem passava pela ciclovia no trecho próximo ao Monumento a Estácio de Sá percebia, colado às rochas, um rio de detritos correndo no mar azul defronte ao Pão de Açúcar. Imagem deprimente a macular o cartão-postal.

Decerto existirão explicações para a cena de ontem: “choveu”, “foi as marés”, “é sujeira superficial”. Mas não é coincidência a imundície grassar na Baía um dia após o próprio prefeito da sede olímpica, Eduardo Paes, admitir que o Rio perdeu a oportunidade de limpá-la conforme o prometido, como noticiado pelo DIA. É a realidade ratificando anos de negligência e mau uso de verbas bilionárias.

Não que se esteja diante de um retumbante fiasco: avançou-se de uma forma, com a Sena Limpa e as estações de tratamento, e menos esgoto é derramado no ecossistema. Mas ainda se detectam despejos irregulares, e há uma equivocada compreensão de tolerar o lixo flutuante. Este é tão ou mais nocivo quanto o sanitário: por ser mais visível, agride o visual. No caso das competições, pode causar acidentes nas provas de vela, por exemplo.

Presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman fez ontem o papel típico de um alto dirigente ligado ao COI: minimizou a poluição na Baía, lembrando problemas semelhantes em Pequim e Sydney (e de fato os houve), reafirmando a confiança no governo do estado e garantindo o sucesso do evento na Cidade Maravilhosa.

Não restam dúvidas de que em agosto de 2016 surgirão mutirões e gambiarras para reduzir o risco de vergonha perante o mundo. Mas a pior vergonha já está exposta, e os cariocas a conhecem e sofrem com ela há muito tempo: a incapacidade de salvar a Baía da poluição. Se nem para a Olimpíada conseguiu-se solução, há esperança depois dela?

Últimas de _legado_Opinião