Pelas Ruas: Carnaval em debate

Mais uma vez ocorre o 'Desenrolando a Serpentina', evento que coloca em debate o Carnaval de rua

Por O Dia

Rio - A Sebastiana, associação de blocos de rua, promoverá mais uma vez o ‘Desenrolando a Serpentina’, evento que coloca em debate o Carnaval de rua. Em sua oitava edição, terá ainda exposição de fotos, rodas de samba e shows, nos dias 27 e 28 de novembro, no Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB).

Em debate, os desafios e o futuro do Carnaval de rua diante do tamanho que a festa tomou. Em 2015, foram mais de 5 milhões de pessoas, num período de um mês. Pesquisa feita pela Riotur em conjunto com a ESPM mostrou que a maioria dos foliões é da própria cidade e está na faixa entre 18 e 28 anos.

Negra Li no Baile

Amanhã, o Baile de Charme de Madureira recebe a cantora e compositora Negra Li, que faz show a partir das 22h, ali embaixo no Viaduto Negrão de Lima, em Madureira. A cantora promete grandes sucessos de sua carreira, como ‘1 minuto’, ‘Eu não te quero pouco’, ‘Tudo de novo’ e músicas do seu mais recente álbum ‘Você vai estar na minha – Duetos’. E ainda tem mais: será no baile de amanhã uma das etapas do Concurso Miss Beleza Negra.

Cantora e compositora Negra Li faz show a partir das 22h%2C embaixo no Viaduto Negrão de Lima%2C em MadureiraDivulgação

Viva Santa Teresa!

O bairro de Santa Teresa está promovendo uma grande homenagem à Teresa d'Ávila, a santa cujo quinto centenário se comemora em 2015. Os eventos já começaram e ontem a “santa” pegou uma carona no novo bonde, saindo do convento até o Largo do Curvelo, para depois desfilar em carro aberto até o Parque das Ruínas.

Santa Teresa promove grande homenagem à Teresa d'ÁvilaPublius Vergilius / Divulgação

Hoje tem exposição no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo; amanhã sarau itinerante pelos bares e restaurantes, e no domingo tem o Bloco das Carmelitas. A organização do evento é da Santa Rede, um grupo de pessoas, empresas e instituições do bairro.

A Farra do Boi

O diretor teatral Ribamar Ribeiro mergulhou no universo do teatro popular, das farsas medievais e das festas brasileiras para contar a tradicional história de ‘Catirina e a língua do boi’, tema central dos bois-bumbás. Os contos populares de Câmara Cascudo também serviram de referência para que o autor criasse o espetáculo ‘A Farra do Boi’, que tem sua última apresentação no próximo domingo, às 16h, no Sesc São Gonçalo, a preços populares de R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira).

Lavradio Imperial

Escolhida para moradia de barões e viscondes, a primeira rua residencial do Rio, aberta no século 17 para ligar a atual Praça Tiradentes aos Arcos da Lapa, promove um mergulho no período imperial do Brasil. Como parte do projeto Tour da Experiência, do Sebrae, o Grupo Scenarium, dirigido por Plínio Fróes, estreia amanhã um passeio guiado a pé pelo local. O roteiro começa na Galeria Scenarium, com bate-papo com a historiadora Ana Roldão, e termina com jantar no Santo Scenarium, com menu ‘imperial’ e degustação de cachaça.

Confetes

Diogo Nogueira é o convidado especial do Grupo Arruda na próxima roda de samba do Imperator, acompanhado dos músicos Inácio Rios, no banjo e vocal, Wallace Perez e Henrique Garcia, violão. No dia 22, de 20h à meia-noite.

Jovens e talentosos cantores da nova safra carioca, Marina Iris e Tomaz Miranda lançam seus primeiros CDs amanhã, a partir das 22h, no Trapiche Gamboa. Os dois artistas da nova geração do samba apresentam um repertório pra lá de interessante.

Em cartaz, no Centro Cultural Correios, a exposição ‘Elifas Andreato, 50 Anos’, que reúne trabalhos do artista paranaense em cinco décadas de carreira. São obras que marcaram a fase áurea da música popular brasileira, a luta contra a ditadura e o teatro brasileiro.

O Tangolomango – Festival Internacional da Diversidade Cultural realiza sua 20ª edição dia 8 de novembro, no Circo Voador. Com o tema ‘Rio – Conexão Internacional’, reunirá grupos de música, dança, circo e teatro em um espetáculo colaborativo, em única apresentação gratuita.

Amanhã, a partir de 15h, tem mais uma edição da roda de samba a céu aberto de Padre Miguel, num encontro de grandes sambistas. O ‘Projeto Criolice’, nascido na Zona Oeste, tem ainda feira cultural com roupas, acessórios, culinária e oficinas.

Por Rita Fernandes