Secretaria Estadual de Saúde calcula ter deixado de receber R$ 1 bi da Fazenda

Mesmo sem negar a dívida, a pasta devedora nega que o valor seja tão alto. A quantia seria de R$ 570 milhões, alegou

Por O Dia

Rio - Como naquele ditado, é difícil encontrar quem tem razão em casa em que falta pão. Técnicos da Secretaria Estadual de Saúde calculam que, apenas em 2015, o órgão deixou de receber R$ 1 bilhão da Secretaria de Fazenda. O valor representa cerca de 22% do orçamento da Saúde.

A Fazenda não nega a existência de dívida, mas diz que o valor é bem menor: R$ 570 milhões. Afirma também que, até o fim do ano, será repassado o valor total estabelecido por lei — 12% da arrecadação de impostos. 

Muitos atrasos
A situação na Saúde é delicada. Há atrasos de meses no pagamento de praticamente todos os fornecedores. As Organizações Sociais que administram hospitais importantes como Getúlio Vargas e Adão Pereira Nunes têm recebido apenas o suficiente para quitar salários.

De volta para o muro 
O diz-que-vai-mas-não-vai do PSDB em relação a um novo pedido de afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara faz lembrar o tempo em que o partido era famoso por ficar em cima do muro.

Terça, a maioria dos deputados federais do PSDB era a favor do rompimento com Cunha. Vindo de uma reunião com Aécio Neves, Carlos Sampaio (SP), líder da bancada, foi contra: isto por achar que o presidente da Câmara deverá iniciar o processo de impeachment de Dilma.

O tempo de Clarissa
A deputada Clarissa Garotinho (PR) exerceu uma espécie de vingança ao interromper, nesta quarta-feira, entrevista coletiva de Cunha e perguntar, aos gritos, quando ele iria renunciar. Há dois meses que seu horário de discursar no grande expediente da Câmara vem sendo protelado. Nesta quarta-feira, na marra, ela cavou seu tempo de fala.

Últimas de Rio De Janeiro