Macaé festeja queda na dengue, mas continua em estado de alerta

Municípios promoveram ações de prevenção ontem para lembrar o Dia Mundial da Saúde

Por O Dia

Rio - Com 42 casos registrados até março, contra 2.792 no mesmo período de 2013, Macaé comemorou ontem, Dia Mundial da Saúde, o sucesso nas ações de combate à dengue. A queda expressiva é resultado da campanha “Todos contra a dengue”, iniciada em janeiro para coibir a proliferação dos focos do mosquito transmissor, o Aedes Aegypti. O trabalho uniu diferentes setores, como Saúde, Câmara Permanente de Gestão e Limpeza Pública.

“Atuamos com estratégia e união de esforços. A cidade se mobilizou e a população começou a perceber a importância da sua participação no combate, que deve ser mantido o ano todo”, afirmou o prefeito, Dr. Aluizio, que é médico. Ele ressaltou, no entanto, que o município continua em alerta. O último levantamento apontou uma diminuição na infestação, de 4% em janeiro, para 2,1% em março.

Tendas em praça de Macaé ofereceram serviços à população ontemDivulgação

Mutirões do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) vistoriaram 27.709 imóveis e outros 588 em estado crítico, para eliminação e tratamento de depósitos, distribuição de coberturas para caixas d’água e limpeza. 

Foram feitas 735 viagens de caminhões, com capacidade de 10 toneladas cada um, para recolher entulho, lixo nas ruas e em terrenos baldios, resíduo domiciliar e material sem uso em prédios públicos.

Em Petrópolis, a prefeitura lançou uma Cartilha de Alimentação Infantil para orientar pais, familiares e cuidadores. Já em Cabo Frio e em Nova Friburgo foram oferecidos testes gratuitos anti-HIV em diversos pontos. Em Campos, houve palestras em unidades de saúde. A ação prossegue hoje para servidores do Hospital Geral de Guarus (HGG) e unidades pré-hospitalares de Santo Eduardo, Travessão e Guarus, como parte do projeto 'Cuidando de quem Cuida', que aborda temas como saúde mental, hipertensão e obesidade.

Últimas de _legado_O Dia no Estado