Fim de semana marcado por fortes chuvas em todo o estado do Rio

Paraíba do Sul chegou a decretar estado de calamidade pública

Por O Dia

Em um início de ano com um volume de chuva acima do esperado, não foi apenas a capital que passou o fim de semana com o tempo ruim. Só em Petrópolis, região que costuma sofrer grandes impactos com as fortes chuvas de verão, a Defesa Civil chegou a receber 425 ocorrências de deslizamentos, alagamentos e inundações desde sexta-feira. Não há registro de vítimas ou feridos. 

As linhas municipais de Petrópolis chegaram a operar com alguns desvios por conta da operação de desobstrução e limpezas de vias. Também na Região Serrana, Teresópolis sofreu com deslizamentos. Foram cerca de 19 bairros com ocorrências, entre eles Barra do Imbuí e Bom Retiro. Na manhã de segunda (18) profissionais trabalhavam na desobstrução de acessos e limpeza de ruas. 

Em São Gonçalo o nível da água atingiu dois metrosDivulgação

Em São Gonçalo, o nível da chuva chegou a quase dois metros em algumas localidades e inundou casas e comércios no bairro do Jardim Catarina. Os moradores foram alojados na Escola Estadual Trasilbo Filgueiras, onde receberam alimentação e donativos. Um plano de trabalho foi montado para atender aos chamados recebidos pela Defesa Civil.

“Como muitos outros municípios do Rio, São Gonçalo também sofreu com as fortes chuvas. Precisamos do trabalho urgente do Instituto Estadual do Meio Ambiente em nossa cidade. A prefeitura limpa as margens dos canais e rios que cortam a cidade, mas o Inea precisa agir. Vamos cobrar uma ação do órgão”, garantiu a secretária de Infraestrutura, Ana Cristina Silva. O município continua em estado de alerta determinado pelo prefeito Neilton Mulim.  

Já em São João da Barra, município do Norte Fluminense, as chuvas levaram a Secretaria de turismo a cancelar shows, que aconteceriam no sábado (16) e no domingo (17), na sede do município e nas praias de Açu, Atafona e Grussaí. 


Paraíba do Sul foi um dos municípios mais atingidos 
A prefeitura de Paraíba do Sul chegou a decretar estado de calamidade pública no sábado (16). O rio Paraíba do Sul atingiu nível muito superiores ao normal, outro afluentes também encheram, aumentando ainda mais o nível do rio. A elevação do Paraíba do Sul também atingiu Barra Mansa - além das altas dos níveis dos rios Barra Mansa e Bananal. O nível do rio no município chegou aos 4 metros. 

A prefeitura de Paraíba do Sul promove na tarde dessa segunda para discutir a situação do município passados os últimos dias de intensas chuvas. 

Segunda segue sem chuvas fortes 
Segundo boletim divulgado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a segunda segue com o céu variando entre parcialmente nublado e encoberto, com previsão de ocorrência de chuva fraca e de forma isolada - consequência da atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul sobre o estado. Espera-se elevação pontual no nível dos rios durante as chuvas.

Últimas de _legado_O Dia no Estado