Estação do BRT Transcarioca é atingida por tiro na Praça Seca, na Zona Oeste

Disparo foi feito por criminoso que passava em carro na Rua Cândido Benício. Caso foi registrado na 28ª DP (Campinho)

Por O Dia

Rio - A Estação da Praça Seca, do BRT Transcarioca, foi alvo de um tiro, disparado por um criminoso que passou de carro pela Rua Cândido Benício, na Zona Oeste, na madrugada desta quarta-feira. Apesar do estrago — a porta de vidro de embarque e desembarque foi destruída —, ninguém ficou ferido.

De acordo com o consórcio BRT Rio, o ataque ocorreu por volta de 2h30 e na estação estavam um controlador de acesso e um passageiro, perto das roletas, mas ambos não ficaram feridos. O setor de Infraestrutura está no local para fazer os reparos na porta destruída. O caso foi registro na 28ª DP (Campinho). Segundo a PM, nenhuma equipe foi acionada para o local e "o 9° BPM (Rocha Miranda) patrulha a região da Praça Seca com uma cabine instalada no local com cobertura 24h e no acesso ao BRT uma viatura faz rondas."

O BRT Transcarioca é a principal opção de transporte público entre o Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Galeão, e a Barra da Tijuca, e será muito usada durante os Jogos Olímpicos por quem vai as competições.

A linha ainda permite uma integração no bairro de Madureira com os trens da SuperVia, que dão acesso à estação do estádio Engenhão, outro local de competições, no Engenho de Dentro. Em Vicente de Carvalho, uma estação do BRT Transcarioca faz integração com a Linha 2 do metrô, permitindo a chegada ao Maracanã e Maracanãzinho.

Últimas de Rio De Janeiro