Procon descarta mais de 120 kg de alimentos impróprios para consumo em Niterói

Nesta quinta-feira, fiscais realizaram nova etapa da Operação Secos e Molhados em supermercados da cidade

Por O Dia

Rio - O Procon Estadual autuou mais três supermercados na tarde desta quinta-feira, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Desta vez foram descartados 120,6 kg de alimentos impróprios para consumo em uma nova etapa da Operação Secos e Molhados. 

Supermercado GarritanoDivulgação

No supermercado Garritano, localizado na Rua Eduardo Luiz Gomes, n° 13, os agentes encontraram 33kg de salsicha vencida e 12kg de bacalhau exposto à venda sem proteção, com insetos e manipulação direta pelo consumidor.

Na filial do Princesa, da Rua Presidente Pedreira, n° 193, os fiscais descartaram 10 kg de fios de ovos e 1,6 Kg de geleia de maracujá vencidos. Já no Hexa, localizado na Rua José Vicente, nº 763, o Procon encontrou diversos produtos vencidos:  10 garrafas de iogurte expostas à venda, 35kg de mortadela na câmara frigorífica e 20kg de salgados. 

Ainda segundo os agentes, havia moscas e baratas nas áreas próximas ao açougue. Na câmara frigorífica os tendais estavam enferrujados e os paletes eram de madeira. A lei determina que seja de material lavável.

Supermercado HexaDivulgação

Procurada pelo DIA, a gerência do Garritano informou que a salsicha estava separada para troca e  os funcionários do estabelecimento sabiam que o produto estava proibido para venda. Ainda de acordo com o gerente, o bacalhau estava exposto de forma irregular, pois eles não sabiam qual era a melhor forma de expor para venda.

Nos supermercados Princesa e Hexa, até o momento, não foi encontrado nenhum responsável para falar sobre as irregularidades encontradas pelo Procon. 

Últimas de Rio De Janeiro