Vídeo: Criminosos incendeiam carros na Tijuca

Ataque ocorreu na madrugada desta terça-feira e quase 10 veículos foram incendiados

Por O Dia

Rio - A noite foi de horror para os moradores da Tijuca. Nove carros foram incendiados por criminosos no final da noite de segunda-feira e durante a madrugada desta terça. Dois veículos foram incendiados na Rua Guarajatuba, quatro na Rua Dezoito de Outubro, um na Rua Mario de Alencar e um na Rua João Alfredo e uma tentativa de incêncido de um carro na Rua Engenheiro Cavalcante. 

Os moradores, desesperados, fizeram o primeiro chamado ao Corpo de Bombeiros às 22h40. Cerca de 1h30 depois o segundo chamado foi acionado às 23h30. Os pedidos de socorro se repetiram no horário de 1h10 e o último às 4h15 da madrugada. 

O estudante Júlio Cesar Oliva Brochado, de 23 anos, chegou com o filho de um mês horas antes e foi avisado pelo vizinho que o carro dele, um corsa preto, modelo 2006,  estava pegando fogo na Rua Mário de Alencar. O veículo Teve a parte de trás toda destruída e o prejuízo ultrapassa os R$ 15 mil. "Graças a Deus eu não cheguei antes em casa, porque eu poderia estar chegando com o meu filho e ver meu carro incendiado".

Criminosos atearam fogo em carros que estavam estacionados em ruas da TijucaWhatsApp O DIA

Vítima da rua Dezoito de Outubro, a servidora pública Ana Luiza da Silva Diniz, 42 anos, dona de um Clio Vermelho, modelo 2014, informou que os criminosos não conseguiram incendiar o carro dela, mas, atearam fogo no Pegeout prata que estava na frente.  Os criminosos não incendiaram o carro dela, mas sim o que estava na frente do dela, um pegeout prata, mas o fogo se alastrou para o seu carro. "Meu irmão me telefonou dizendo que estavam queimando carros. Quando eu desci pra ver, meu carro ja estava em chamas. Estou desolada. Paguei a última prestação do carro no mês passado. Uma sensação de importência que vocês não imaginam". O carro de Ana Luiza estava no seguro, mas ela não sabe ainda se o seguro irá ressarci-la.

O advogado Adelson Ferreira, de 58 anos, tentou apagar o incêndio de um Clio vermelho e do Pegeout prata. Ele pegou um extintor e, em seguida, usou uma mangueira, mas não conseguiu conter o fogo. "Os bombeiros preferiram ir pro carro da frente, porque as chamas estavam maiores. Dava para ter salvado o Clio, mas o meu equipamento era insuficiente. Fiquei frustrado porque não consegui conter o incêndio", lamentou.  A Polícia Militar não soube informar a motivação do ataque. Não houve nenhum ferido e os bombeiros conseguiram controlar o incêndio. A Rua Dezoito de Outubro é via de acesso ao Morro da Forminga.

O delegado titular da 19ª DP (Tijuca), Celso Gustavo Castello Ribeiro, está com equipes na rua realizando diligências. Imagens das câmeras de segurança já foram requisitadas e ele trabalha com a hipótese de vandalismo. "Ao que tudo indica, esses crimes foram cometidos pelas mesmas pessoas. A informação que temos é que dois homens em uma moto estaria ateando fogo nos carros, um veículo com duas pessoas dentro também estaria envolvido na ação. Trabalho com hipótese de vandalismo nesse momento, mas não posso afirmar que esse caso tenha alguma relação com tráfico de drogas ou represália para tentar atrapalhar os jogos olimpícos. Mas nada está descartado".

Últimas de Rio De Janeiro