Adolescente suspeito de matar homem há uma semana foi liberado em abril

Jovem foi internado em outubro por agredir rapaz por homofobia. Procuradora sustenta que o rapaz foi liberado prematuramente e a morte do dono da casa não foi evitada

Por O Dia

Rio - Adolescente e comparsa mataram num assalto há uma semana o dono da casa e feriram a mulher dele. O menor foi internado. Mas o espantoso para a procuradora do MP Estadual Flávia Ferrer é que o jovem foi internado em outubro por agredir rapaz por homofobia, mas liberado em abril.

Flávia Ferrer sustenta que o adolescente foi liberado prematuramente e a morte do dono da casa não foi evitada. Esse exemplo é mais combustível contra a criação da central de vagas para definir quais menores infratores com maior urgência serão internados nas unidades do Degase.