Hamilton fatura o tetra no México

Britânico termina em nono e não pode mais ser alcançado no Mundial de F-1

Por O Dia

Com a bandeira britânica, Hamilton faz a festa do título no México
Com a bandeira britânica, Hamilton faz a festa do título no México - AFP

Mesmo chegando em nono lugar no GP do México, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou ontem o tetracampeonato mundial de Fórmula 1. Ele tem 56 pontos de vantagem na liderança do campeonato sobre o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, e não pode mais ser alcançado, faltando duas corridas para o fim da temporada: os GPs do Brasil e de Abu Dhabi.

Hamilton foi o terceiro do grid, mas se chocou logo no início com Vettel, que largou na pole position. Assim, eles tiveram que fazer uma corrida de recuperação. Vettel terminou em quarto, mas não foi o suficiente para levar a decisão do título para a corrida em Interlagos, no dia 12.

Com o quarto título mundial, Hamilton se iguala a Vettel e ao francês Alain Prost e está atrás do argentino Juan Manuel Fangio (cinco títulos) e do alemão Michael Schumacher (sete conquistas).

O holandês Max Verstappen, que largara em segundo, dominou e venceu a prova, seguido pelos finlandeses Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen. O brasileiro Felipe Massa foi o 11º colocado.

Comentários

Últimas de Esporte