Renovação da frota da PM é suspensa

2ª RISP irá beneficiar os moradores das zonas Oeste e Norte da cidade

Por JONATHAN FERREIRA

Inauguração da 2º  RISP. Região Integrada de Segurança Pública, em Campo Grande.Com a presença do Sec. de Segurança Pública Roberto Sá.
Inauguração da 2º RISP. Região Integrada de Segurança Pública, em Campo Grande.Com a presença do Sec. de Segurança Pública Roberto Sá. - Estefan Radovicz/Agência O Dia

Durante a inauguração, ontem, do prédio da 2ª RISP (Regiões Integradas de Segurança Pública), que vai concentrar o comando de área das polícias civil e militar da Zona Oeste e parte da Zona Norte, em Campo Grande, o secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, ressaltou que 58% da frota da PM precisa de manutenção e que, este ano, houve redução de 50% dos recursos materiais da PM e de 40% dos recursos orçamentários que estavam previstos. "É nesse momento de crise que a gente tem que se manter firme e forte", destacou Sá para os policiais na cerimônia.

A melhora das condições dos veículos vai demorar ainda mais porque o Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ) adiou, na terça-feira, o edital de R$ 66.323.853,34 para a renovação de parte da frota da PM. O valor seria destinado à aquisição de 770 veículos do tipo Sedan e utilitário, correspondendo a um terço das viaturas da corporação. Ao todo, o documento prevê um valor de R$ 93 milhões para renovação de toda a frota. Segundo o órgão, o lançamento do edital permanecerá suspenso até que o secretário faça as alterações determinadas no edital. Entre elas está refazer a estimativa de orçamento, ampliando as pesquisas de mercado com empresas em diversas praças. O prazo para fazer as mudanças é de um mês.

O prédio da 2ª RISP é a primeira unidade da capital e irá concentrar informações de 16 delegacias e 7 batalhões de polícia que atuam na Zona Oeste e em parte da zona Norte da cidade. O prédio dispõe de uma sala de conferência que permite aos comandantes conversarem por meio de um sistema de vídeo com autoridades no prédio da Secretaria e no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). O investimento estadual para a construção do prédio foi de R$ 3,3 milhões.

Galeria de Fotos

Inauguração da 2º RISP. Região Integrada de Segurança Pública, em Campo Grande.Com a presença do Sec. de Segurança Pública Roberto Sá. Estefan Radovicz/Agência O Dia
Inauguração da 2º RISP. Região Integrada de Segurança Pública, em Campo Grande. Estefan Radovicz/Agência O Dia
Inauguração da 2º RISP. Região Integrada de Segurança Pública, em Campo Grande. Estefan Radovicz/Agência O Dia
Inauguração da 2º RISP. Região Integrada de Segurança Pública, em Campo Grande. Estefan Radovicz/Agência O Dia

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro