O antigo ônibus, da hoje ainda ativa linha 634, seguia no congestionamento da Avenida Presidente Vargas, em 28 de junho de 1975. Era um sábado, mas o fechamento simultâneo do Viaduto do Gasômetro e da pista lateral da Avenida Francisco Bicalho para obras deu um nó no trânsito da cidade. No Gasômetro foi feita concretagem interna; a Bicalho foi fechada para que a Companhia Siderúrgica Nacional assentasse três vãos metálicos na rampa de subida do Viaduto da rua Francisco Eugênio, na Leopoldina - Arquivo O DIA
O antigo ônibus, da hoje ainda ativa linha 634, seguia no congestionamento da Avenida Presidente Vargas, em 28 de junho de 1975. Era um sábado, mas o fechamento simultâneo do Viaduto do Gasômetro e da pista lateral da Avenida Francisco Bicalho para obras deu um nó no trânsito da cidade. No Gasômetro foi feita concretagem interna; a Bicalho foi fechada para que a Companhia Siderúrgica Nacional assentasse três vãos metálicos na rampa de subida do Viaduto da rua Francisco Eugênio, na LeopoldinaArquivo O DIA
Por
Publicado 15/01/2018 06:13 | Atualizado há 3 anos

O antigo ônibus, da hoje ainda ativa linha 634, seguia no congestionamento da Avenida Presidente Vargas, em 28 de junho de 1975. Era um sábado, mas o fechamento simultâneo do Viaduto do Gasômetro e da pista lateral da Avenida Francisco Bicalho para obras deu um nó no trânsito da cidade. No Gasômetro foi feita concretagem interna; a Bicalho foi fechada para que a Companhia Siderúrgica Nacional assentasse três vãos metálicos na rampa de subida do Viaduto da rua Francisco Eugênio, na Leopoldina

Você pode gostar
Comentários