Truques para sobreviver nas cidades mais quentes

Por O Dia

Moradores das cidades mais quentes, que até se divertem, dizendo que só enfrentam duas temperaturas anuais, verão e "inferno", relataram uma série de truques para amenizar o calor. Valem até alternativas inusitadas, como tomar banho de roupa ou colocar garrafas com água congelada em frente ao ventilador.

A endocrinologista Amália Lucy Soares Querino, lembra que quem mais sofre com o calor são os bebês, idosos e gestantes, e que desidratação, insolação, queda da pressão e infecção intestinal devem ser prevenidas.

"Assim como atenção com a alimentação, com ingestão de bastante água, sucos e frutas, e cuidados com frutos do mar, leite, manteiga e molhos, as pessoas devem melhorar o conforto térmico de suas casas", adverte.

Segundo ela, plantas ornamentais, árvores e gramas, absorvem o calor e diminuem a temperatura dos imóveis, geram sombra e também ajudam a eliminar o CO², responsável pelo efeito estufa.

"Áreas verdes têm até 5° de temperatura a menos que as pouco arborizadas, dando sensação de bem estar", diz. Toldos e insulfilmes nas janelas também são aliados.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro