'Não sou um monstro', diz adolescente que agrediu professora em Santa Catarina

Foragido, o garoto teve sua internação decretada pela Justiça

Por O Dia

Santa Catarina - O adolescente de 15 anos que agrediu a professora Marcia Friggi em uma escola pública de Indaial, em Santa Catarina, falou pela primeira vez sobre o ocorrido. "Quero mostrar para as pessoas que eu não sou um monstro", declarou o garoto, que está foragido, durante entrevista ao programa Fantástico, da Globo, exibido neste domingo.

Professora agredida por aluno em Santa CatarinaReprodução/Facebook

“A única coisa que eu tenho para dizer é que estou bastante arrependido. Isso não deveria ter acontecido”, reforçou o adolescente, que já tinha histórico de violência e ficará internado pelo período de 45 dias. A condenação foi decretada pela Justiça na última sexta-feira. 

Na entrevista, o adolescente reforçou a sua primeira versão dada em depoimento a polícia.Em seu relato, o rapaz diz que teria sido xingado por Marcia Friggi, após uma discussão na sala da diretora. A professora nega que ofendeu o garoto.

Últimas de Brasil