'O Sétimo Filho': Uma fantasia sem emoçaõ

Apesar do elenco de peso, com Jeff Bridges e Julianne Moore, filme não consegue cativar o público

Por O Dia

Rio - A literatura de fantasia já rendeu filmes de sucesso, como a série ‘O Senhor dos Anéis’. Depois disso, dezenas de filmes do tipo foram lançados. Alguns conquistaram fãs e boa bilheteria, outros foram esquecidos — ou por serem muito ruins, ou por simples falta de personalidade, ou os dois juntos. Infelizmente, ‘O Sétimo Filho’, de Sergey Bodrov, parece estar mais para essa segunda (ou terceira) categoria.

Ben Barnes é o protagonista%3A o sétimo filho de um sétimo filhoDivulgação

Assistir ao filme é como ter um déjà vu. Paisagens medievais, luta entre o bem e o mal, e um escolhido capaz de resolver essa bagunça mística. No caso, essa função ficou a cargo de Ben Barnes, na pele do sétimo filho de um sétimo filho (assim como manda a profecia).

Em sua saga para derrotar a poderosa Bruxa Malkin (Julianne Moore), ele receberá os ensinamentos do mestre caça-feitiços Gregory (Jeff Bridges). Além de se apaixonar por uma jovem meio bruxa (Alicia Vikander) — tinha que ter romance no meio, claro. O problema maior é que falta alma à história e aos personagens. Assim, nem os efeitos visuais salvam. ‘O Sétimo Filho’ é difícil de assistir e fácil de esquecer. Um tédio!

Últimas de Diversão