Lili Rodriguez: Samba no pé contagiante

O samba faz parte do DNA de Evelyn Bastos, a rainha da bateria da Mangueira

Por O Dia

Rio - O samba faz parte do DNA de Evelyn Bastos, a rainha da bateria da Mangueira, posto que um dia foi de sua mãe, Valéria. Agora, a ideia de Evelyn é compartilhar o talento que tem para dançar em uma série de vídeo-aulas que lançará após a folia.

Evelyn BastosMICHELE IASSANORI

Fale um pouco sobre você e sua história com os desfiles...
Sou cria da Mangueira. Na verdade desfilei ainda mesmo antes de nascer, já que minha mãe, que também foi rainha de bateria da escola e é meu maior espelho, desfilou grávida na ala das passistas da escola. Comecei na “Mangueira do Amanhã”, depois fui para a escola mãe e tenho orgulho de dizer que fui a passista mais jovem. Depois diso, integrei o time de musas da agremiação até que, depois de ter sido Rainha do Carnaval, fui convidada pelo presidente Chiquinho da Mangueira a ocupar o posto de rainha da bateria. Foi realmente a realização de um grande sonho e motivo de orgulho por conta deste resgate de identidade. Fui a primeira rainha de bateria da comunidade após 7 anos e em 2017 completo quatro anos à frente do posto.

Como você cuida do corpo?
Sou formanda em Educação Física. Então, os treinos fazem parte do meu cotidiano. Além disto, tenho uma equipe que me ajuda (nutricionista e personal), principalmente nesta fase em que eu intensifico um pouco mais os treinos. Sigo uma dieta especial esta época e bebo muita água para ajudar na liberação de toxinas.

No dia do desfile, costuma fazer alguma preparação especial?
Descanso o máximo que posso, mas a adrenalina e a ansiedade são grandes. Eu também procuro me concentrar, mentalizar coisas boas e rezar pra que tudo dê certo para a minha escola.

Momento marcante na avenida?
Sempre é marcante positivamente. Mas viver um desfile sem nosso Luizito (ex-intérprete, falecido em 2015), doeu.

Participa da escolha da fantasia?
Sim, participo! Nosso carnavalesco Leandro Vieira me dá essa liberdade, apesar dele já saber do que gosto e me sinto bem.

Novidades para depois do carnaval?
Viajo para a Austrália logo após o Carnaval para o tour do Quadril de Mola. Também vamos lançar as aulas em vídeo para que todos que queiram aprender a sambar, possam realizar esse sonho.

Um sonho?
Ser bicampeã do Carnaval, me formar e tornar o SAC um projeto social cada vez maior para atender mais e mais pessoas que precisam. 

Fernanda em fotos...

Fernanda Montenegro fechou com a Edições Sesc para publicar sua fotobiografia, em comemoração aos seus 70 anos de carreira, completados no ano passado. O texto será da própria, que vai passar o carnaval inteiro editando a obra, ainda sem título definido. Todas as fotos do livro são do acervo pessoal de Fernanda.

Paralelamente, a grande dama do nosso teatro está engajada nas gravações do filme “Piedade”, dirigido por Claudio Assis e que terá no elenco outros astros, como Cauã Reymond, Irandhir Santos, Matheus Nachtergaele. 

Conectando...

Hoje, o Shopping Bay Market apresenta happy hour musical com a cantora Elisa Alecrin, a partir das 19h.

Na terça, o bloco “Imprensa que eu Gamo” escolherá seu samba no Casarão Ameno Resedá, no Catete, às 20h.

O lançamento do livro “Memórias, entrevistas”, de Gilberto Mendonça Teles, será no dia 7 de fevereiro, na Travessa de Botafogo, às 19h.

O Centro de Artes UFF inaugura dia 9 de fevereiro, às 19h, a exposição "Cavernália - arqueologia do traço".

A produtora cultural Ana Amélia de Sousa, de Brasília, foi homenageada na reabertura do restaurante El Pescador, na Barra.

Últimas de Diversão