Flávio Ricco: Joseval Peixoto deixará o SBT no fim do ano

Disfarçadamente, a recomendação é: quanto menos política, melhor

Por O Dia

Rio - Aos mais próximos e ao próprio diretor de jornalismo, José Occhiuso, Silvio Santos tem reclamado insistentemente do conteúdo do 'SBT Brasil'. A ninguém faz segredo de que o jornal não está como ele quer.

Na semana passada, foi conhecida a decisão de acabar com as colunas de esporte e meteorologia, até poucos dias apresentadas por Bruno Viccari e Carol Aguaidas, além da saída de Kennedy Alencar. Ordens de ninguém menos que o próprio dono, Silvio, que tem apelado bastante para a elaboração de trabalho que fale mais diretamente com o telespectador, na língua dele, e em linhas mais distantes do que apresentam o 'Jornal da Band' e 'Jornal Nacional', como exemplos. Disfarçadamente, a recomendação é: quanto menos política, melhor.

Outra novidade, mas aí para ser anunciada um pouco mais à frente, é a decisão de acabar com o rodízio que atualmente existe na sua apresentação. Joseval Peixoto vai sair. Só fica até 31 de dezembro, quando vence seu contrato. A bancada, com o fim do atual rodízio, será formada por Rachel Sheherazade e Carlos Nascimento. Ponto final. 

VAI EM FRENTE

A corrupção no Brasil é uma fonte inesgotável, "arte" antiga, e até por isso a série 'Filhos da Pátria', em exibição na Globo decidiu mostrar as falcatruas do nosso país varonil, imediatamente após a Independência. E como esse é um buraco sem fundo, Bruno Mazzeo e Globo decidiram investir em novas temporadas da série. Novas temporadas mesmo.

FONTE INESGOTÁVEL

'Filhos da Pátria' vai acompanhar a evolução da corrupção em várias épocas da vida brasileira. E, claro, com todos os PHDs do assunto. Depois dessa passagem pelo período pós-Independência, a próxima edição terá como foco o final dos anos 1980 e início dos anos 1990, recheados de acontecimentos, como o caso dos Anões do Orçamento. E olha que chegar até aqui, tem chão.

TERETETÊ

Dia desses, aqui se falou do interesse do Fox Sports, que não é de agora, em tirar o Denílson da Band. O que se sabe é que o negócio só não rolou até agora, porque, no meio, entrou uma linha cruzada da Globo.

ENTÃO OLHA

Hoje, a chance de a Band fazer a Copa da Rússia no ano que vem está entre 80 e 90 por cento. Mas também tem o seguinte, segundo um dos seus mais influentes diretores: se não fechar até o final desta semana, não vai fechar mais.

TRADUZINDO

Duas razões acabaram por determinar a decisão do Joseval sair, na mais absoluta consonância com o SBT. Uma: a questão de custo. Por que dois, se o serviço pode ser feito por um só? Por outra, o Joseval é um comentarista e só virou apresentador por obra do acaso ou contingências do momento. Daqui em diante, continuará na Pan e com seu escritório de advocacia.

PROJETO

A saída do SBT pode não significar o fim da vida do Joseval na TV. Ao contrário. Existem planos, ainda em início de desenvolvimento, que poderão levá-lo à apresentação de um programa semanal. Tipo 'Vox Populi', que no passado ele fez na Cultura.

PASSANDO A LIMPO

O que se sabe é que existe, sim, um esforço muito grande por parte da direção da Band em tirar alguns dos muitos problemas da frente. Expurgar o que atrapalha e sair em busca de uma vidinha mais saudável. Diante disso é bem provável que no ano que vem já não sejam exibidos programas como 'O Mundo Segundo os Brasileiros', 'P-24', 'Pesadelo na Cozinha' e 'À Primeira Vista'. Entre outros.

FORA DA TV

A BandNews TV não conta mais com os serviços da âncora Débora Alfano. Partiu dela a decisão de deixar a TV e ficar só na BandNews, rádio. Da nova safra, é uma das melhores.

Últimas de Diversão