Com casos de assédio em evidência, ator de 'Friends' é citado como bom exemplo

David Shwimmer, o Ross do seriado americano, ganhou elogios por ser respeitoso com as mulheres em Hollywood

Por O Dia

Estados Unidos - Com os casos de assédio de Hollywood em evidência e várias atrizes expondo os abusos que sofreram do produtor Harvey Weinstein, o ator David Shwimmer, que viveu o personagem Ross Geller em "Friends", tem sido citado como um bom exemplo de como tratar as mulheres. 

David Schwimmer%2C o Ross de 'Friends'Divulgação


A especialista em corporação financeira Nell Minow relembrou uma ocasião em que esteve com o ator durante a divulgação do filme "Confiar", que aborda o tema dos predadores sexuais pela Internet. 

"Eu não tinha pensado nisso desde quando aconteceu, mas os casos de Weinstein me fizeram não apenas lembrar como pensar em um contexto diferente que indica prevalência de um comportamento predatório e como um indicador da integridade e sensibilidade de Schwimmer", disse Nell Minow ao site "Poynter". 

A especialista e David se encontraram no mesmo hotel em que Weinstein assediou alguma de suas vítimas. O local estava muito barulhento e por isso o ator sugeriu que eles subissem para o quarto em que ele estava hospedado, mas também pediu que ela levasse uma terceira pessoa. 

"Isso não é apenas sobre ser um cara legal que não tentaria nada. Ele entendeu o que é ter que ficar constantemente em alerta e quis que eu entendesse que estava segura", disse a especialista, afirmando que o ator quis deixar claro que não tinha segundas intenções e realmente só queria ir para um lugar mais calmo para falar de trabalho. 

Entenda o caso

O produtor Harvey Weinstein, um dos mais poderosos de Hollywood, tem sido alvo de acusações de várias atrizes desde que o jornal "The New York Times" e a revista "The New Yorker" publicaram reportagens com relatos de vítimas do produtor, que o acusam de assédio, abuso e estupro. 

Atrizes como Mira Sorvino, Rosana Arquette, Gwyneth Paltrow, Angelina Jolie e Léa Seydoux, entre outras, disseram ter sido alvo de assédio do produtor. 

Últimas de Diversão