Cantor Marrone diz que teve encontro espiritual com Cristiano Araújo

'Caramba! Eu senti a presença de Cristiano', disse o sertanejo

Por O Dia

Rio - O cantor Marrone, da dupla com Bruno, emocionou os mais de cinco mil fãs do cantor Cristiano Araújo presentes à missa de sétimo dia do sertanejo, realizada na noite de quarta-feira, em Goiânia. No palco montado para a cerimônia religiosa e para apresentação de artistas, o músico garantiu que o espírito do cantor — morto aos 29 anos em um acidente de carro no mesmo estado, no último dia 24 — o visitou no quarto de um hotel no Nordeste.

Cristiano e Marrone eram amigos de longa data%3A ‘Acho que ele passou para se despedir de mim’Reprodução Internet

“Eu senti a presença de Cristiano. Sonhei que ele estava na minha cama, eu peguei ele, e ele estava se tremendo todo. Acho que ele passou nesta noite para se despedir de mim”, disse Marrone. Depois, ao falar do jeito simples do sertanejo — que estava namorando a estudante Allana Moraes, de 19 anos, também morta no acidente —, Marrone voltou a surpreender o público e a família de Cristiano com outra revelação. “Caramba! Eu senti a presença de Cristiano agora e me arrepiei da cabeça aos pés”, contou ele, bastante emocionado.

Antes de cantar na celebração, realizada na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, o músico disse ainda que, assim como Bruno, se sentia honrado por ter convivido com Cristiano Araújo. “Sou amigo da família há muitos anos. Conhecia o Cristiano desde os 4 anos. Fico feliz de ver essa multidão aqui, porque se existe esse tanto de pessoas, é porque todas o amavam muito. Tenho certeza de que ele vai cantar lá no céu”, acrescentou o sertanejo.

Mãe teve medo de ser entrevistada e chorar

As famílias de Cristiano Araújo e de Allana Moraes se reuniram na celebração. A mãe do cantor, Zenaide Melo, no entanto, não compareceu à missa de sétimo dia do filho.

Em entrevista ao site Ego, a irmã de Zenaide e madrinha do sertanejo, Divina Melo, explicou que a mãe do músico não estava se sentindo preparada para encarar o público e os jornalistas na cerimônia. “Ela ainda está muito abalada. Não se recuperou psicologicamente. Teve medo de ser entrevistada e chorar no meio do povo. O padre que fez a primeira comunhão do Cristiano e é nosso amigo há anos esteve com ela e a aconselhou, conversou muito”, contou Divina.

Uma outra missa será marcada pela família. “Agora é rezar para ele ser feliz na eternidade e pedir que Deus acalme nossos corações”, acrescentou a tia.

Tá rolando processo

A família de Cristiano Araújo entrou na Justiça, quarta-feira, com uma ação por danos morais contra a Clínica Oeste, onde foram feitas imagens do corpo do sertanejo sendo preparado para o enterro. As imagens circularam pelo WhatsApp e em redes sociais. Também foram acionadas a Funerária Paz Eterna, que fez o transporte do corpo, e a seguradora do plano funerário, que não teve o nome revelado.

Três foram indiciados

A Polícia Civil indiciou três pessoas pelo crime de vilipêndio de cadáver (desrespeito ao corpo), com pena de um a três anos de prisão. São eles: os técnicos em tanatopraxia (procedimento de retirada dos fluídos do corpo) da Clínica Oeste, Marco Antônio Ramos, de 41 anos, e Márcia Valéria dos Santos, de 39, além do estudante Leandro Almeida Martins, de 24, apontado como o responsável por espalhar os vídeos e fotos.

Últimas de Celebridades