Sidney Sampaio teve que rever valores para interpretar Elias em ‘Amor à Vida’

Personagem fez voto de castidade, mas vai demonstrar bastante interesse pela cozinheira Gina

Por O Dia

Rio - Quem vê o bom moço Elias, missionário vivido por Sidney Sampaio em ‘Amor á Vida’, nem imagina que ele já foi um drogado, viciado em crack e maconha. Mas, graças à ajuda de frequentadores da igreja evangélica, encontrou Jesus. Na vida real, Sidney é bem diferente de seu personagem. Nunca teve envolvimento com drogas e também não segue a mesma religião de Elias. 

Elias e Gina se encontram no culto da igreja evangélica e têm um romanceDivulgação


“A minha religião é acreditar em Deus. O mais importante é fazer essa conexão com a fé. Falar de religiões é sempre muito delicado, todas têm seus erros e seus acertos. Mas acho bacana ter esse espaço para falar dos evangélicos”, acredita Sidney.

Sexo não é um assunto que passa pela cabeça de Elias, que fez voto de castidade, apesar de demonstrar bastante interesse pela cozinheira Gina (Carolina Kasting) na trama. Já Sidney não suportaria ficar sem a prática ao se sentir apaixonado por alguém.

“Cada um escolhe o que acha melhor. Eu, Sidney, não faria essa escolha. Mas não me sinto no direito de criticar quem faz”, comenta o ator que, longe da ficção, se casa com a bailarina Carol Nakamura em abril do ano que vem. E por falar em casamento, Sidney torce para que a arte imite a vida e que tenha casório na novela também. “Ainda não recebi informações de que Elias e Gina vão se casar, mas eu torço muito para que isso aconteça e que dê certo”.

Para dar vida a Elias, Sidney teve que deixar um pouco a vaidade de lado. Nada de fazer a linha galã, com figurino fashion. O novo papel pedia uma pessoa discreta e simples. “Ele é um personagem do núcleo menos privilegiado da novela. É um cara simples, que se veste sem luxo. Para mim, foi legal pensar que a vaidade não é o principal da vida. Tive que rever alguns valores”, comenta.
A verdade é que o destino do personagem pode ainda revelar outras surpresas. O que rola nos bastidores da novela é que Elias, ao contrário do que aparenta, tem ótima condição financeira e vai dar uma boa vida a Gina.

“A real condição dele eu não sei. Não sei nada sobre o passado, nem futuro do Elias. Se ele tem grana, muitos recursos, não sei dizer. Mas posso garantir que vem muita coisa por aí”, despista Sidney, que entrou no olho do furacão, já na reta final da novela.

Sidney também alegou não saber nada sobre a mudança de planos do autor Walcyr Carrasco, que teria chamado o ator para o papel após o público repudiar a ideia de Gina ter um caso com Herbert (José Wilker), que, inicialmente, seria seu pai. “Não imagino qual era a ideia inicial do Walcyr. Mas estou muito feliz de poder ajudar na história”.

Últimas de Televisão