'Em Família' começa a esclarecer cenas cortadas no início da trama

Em conversa com Neidinha, Helena vai relembrar o dia em que perdeu o filho que esperava de Laerte

Por O Dia

Rio - A novela "Em Família" sofreu com os índices de audiência na primeira semana e precisou acelerar o enredo para chegar à terceira fase uma semana após a estreia. Para alcançar o objetivo, três capítulos foram suprimidos e, com isso, cenas e diálogos importantes para contextualizar o telespectador nos tempos atuais ficaram de fora.

Helena relembra o dia em que perdeu o filho de LaerteDivulgação / TV Globo

Um dos exemplos veio à tona na noite dessa terça-feira, quando Neidinha (Elina de Souza) teve um pesadelo com o estupro coletivo que sofreu em uma van no dia em que se mudou de Goiás para o Rio de Janeiro. O tema de discussão importante não foi debatido como deveria, pois após o crime nada mais foi falado e se passaram mais de 20 anos para entrar a nova fase.

A sequência da explicação dessa mesma cena será exibida na noite desta quarta-feira. Em conversa com Neidinha, Helena (Julia Lemmertz) relembra o dia em que perdeu o filho que esperava de Laerte (Guilherme Leicam). As duas tragédias aconteceram no mesmo dia: enquanto uma sofria o abuso, a outra perdia o bebê.

Na cena que foi ao ar, Helena (Bruna Marquezine) sente dores na barriga, mas não mostra a jovem perdendo o bebê. “Aquele dia nós duas jamais vamos esquecer”, comenta Neidinha relembrando o passado. O diálogo vai deixar claro que Luiza não é filha de Laerte, mas de Virgílio (Humberto Martins) e, portanto, pode se relacionar com o ex-amor da mãe sem tocar em tabus.

Últimas de Televisão