Coluna do Servidor: Estado paga RAS atrasado a PMs

Crédito é referente a agosto e setembro. Na quinta, governo deposita hora extra de agosto da Polícia Civil

Por O Dia

Rio -Às vésperas do Carnaval, o estado decidiu pagar as horas extras atrasadas aos policiais militares do Rio. Ontem, o governo depositou R$ 13 milhões referentes ao Regime Adicional de Serviço (RAS) dos meses de agosto e setembro de 2016 da Polícia Militar.

E na próxima quinta-feira serão liberados mais R$ 3 milhões do RAS de agosto de 2016 da Polícia Civil. Já o parcelamento do salário de janeiro de diversas categorias foi mantido e esses servidores só terão os vencimentos quitados até 22 de março. 

O crédito das horas extras atrasadas dos PMs e o anúncio do pagamento para policiais civis vieram em um momento sensível da Segurança Pública no Rio. Primeiro, por conta do Carnaval, evento que atrai milhares de turistas ao Rio e que o patrulhamento precisa ser reforçado. Além disso, houve manifestações de familiares de militares para pressionar o governo a pagar atrasados e a atender demandas de melhores condições de trabalho.

Crédito das horas extras atrasadas dos PMs e anúncio do pagamento para policiais civis vieram em um momento sensível da Segurança no RioCacau Fernandes / Agência O Dia

Já os policiais civis completaram um mês de paralisação na semana passada. E, na sexta-feira, a categoria decidiu endurecer o movimento por 24 horas e não fazer registros nas delegacias, exceto casos como retirada de corpo em via pública e homicídio, entre outros.

Apesar do anúncio do crédito do RAS, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Rio de Janeiro (Sindpol), Márcio Garcia, criticou os atrasos salariais.

“O pagamento de apenas um mês de horas extras atrasadas, depois do Carnaval, quando temos nove meses de atraso, além do 13° e das metas de produtividade, atrasadas desde 2015, demonstram que a Polícia Civil nunca foi prioridade deste governo, que a mantém sucateada e em colapso”, declarou Garcia.

O estado ainda deve créditos do Sistema Integrado de Metas (SIM) para profissionais de delegacias e batalhões que atingiram as metas estabelecidas para redução da criminalidade do 2º semestre de 2015 e do 1º semestre de 2016.

Parcelas até dia 22

Diversas categorias de servidores estaduais aguardam a segunda parcela, de R$ 295, do salário de janeiro, a ser depositada no 10 de março. A terceira parte, no valor de R$ 991, será creditada no dia 13 de março. No dia 15 do mês que vem, o estado pagará R$ 979, referente à quarta cota. No dia 21, serão depositados mais R$ 3.006 e no dia 22 o valor restante.

Prefeituras anunciam crédito antecipado de fevereiro

Algumas prefeituras de municípios do Estado do Rio anunciaram o pagamento antecipado de fevereiro dos servidores ativos, inativos e pensionistas. Isso ocorreu até onde a gestão anterior deixou dívidas para o sucessor, como salários atrasados do funcionalismo.

A Prefeitura de Resende, por exemplo, garantiu que os servidores vão passar o Carnaval com o salário no bolso. Em nota, a administração informou que o crédito de fevereiro foi antecipado e depositado ontem.

“O respeito ao pagamento em dia dos servidores é prioridade. Embora as dificuldades financeiras sejam uma realidade muito presente no dia a dia da Administração Pública, o servidor precisa ser respeitado”, declarou o prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz. A prefeitura alega que tem adotado ações de contenção de gastos e corte de despesas no município.

Em Queimados, o mesmo ocorreu. Segundo a prefeitura, os servidores ativos e inativos “vão curtir o Carnaval com dinheiro no bolso”. O pagamento de fevereiro também foi antecipado para ontem, de acordo o município.

A Prefeitura de Caxias, que herdou três folhas atrasadas da gestão anterior, informou também que antecipou o crédito de fevereiro e fez o depósito para os servidores ativos na quinta-feira. Já parcela de inativos e pensionistas (com salários de até R$ 5 mil) recebeu ontem. O outro grupo receberá “conforme entrada de recursos em caixa”.

Também na quinta-feira, a Prefeitura de Itaguaí depositou antecipadamente o salário de fevereiro.

Últimas de Economia