Conta de luz pode ter tarifa vermelha

Decisão depende da quantidade de chuvas que cairá nos próximos meses

Por O Dia

Rio - As contas de luz podem ter nos próximos meses cobrança com bandeira tarifária vermelha. Especialistas já consideram a possibilidade de acionamento desta cor que prevê valor extra mais alto — atualmente são dois patamares, um de R$ 3 e outro de R$3,50, cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumidos.

De acordo com especialistas do setor elétrico, a decisão depende da quantidade de chuvas que cairá nos próximos meses. Mas como o nível está abaixo da média histórica no chamado período úmido há o risco de a tarifa passar de amarela para vermelha para os consumidores.

E diante da expectativa de que os índices pluviométricos seguirão fracos, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que fixa os preços semanalmente, indicou que o PLD para o submercado Sudeste/Centro-Oeste deve alcançar um pico de R$ 270/MWh em outubro. Mas agentes de mercado já vislumbram a possibilidade de o PLD para este submercado superar os R$300/MWh a partir de maio.

Últimas de Economia