Ao lado de deputado, jovem faz selfie com mensagem: 'Bolsonaro, sai do armário!'

Estudante é membro de movimento social que defende causas LGBT e feministas

Por O Dia

Rio - Uma estudante de 18 anos, do Rio de Janeiro, membro de um movimento social que defende causas LGBT e feministas, repetiu "selfie irônica" e fez um registro, nesta terça-feira, enquanto voava para Brasília ao lado de ninguém menos que Jair Bolsonaro. Na foto, a estudante e uma amiga, de 21 anos, aparecem segurando uma placa com a frase "Bolsonaro, sai do armário!", enquanto o deputado federal dormia ao lado de outro passageiro.

A estudante, que pediu para não ser identificada, contou que a inspiração para a imagem veio do registro feito no início de setembro por outra jovem, Murielle Facure, que estava no mesmo voo que o pastor pentecostal da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia. Murielle, no entanto, deixou uma mensagem diferente em sua placa: "Abra sua mente, gay também é gente".

Estudante aproveitou que deputado dormia para fazer selfieReprodução Internet

Jair Bolsonaro foi o deputado federal mais votado no Rio, com mais de 464 mil votos. A autora da foto de hoje lamentou o resultado do pleito: "Eu acho triste. É um reflexo da falta de representação política no estado. É lamentável que um cara com ideias tão ultrapassadas seja o mais votado."

De acordo com ela, que estava a caminho do Distrito Federal para entregar documento com assinaturas para o plebscito popular reivindicando uma reforma política, o fato de Bolsonaro se colocar como possível candidato à Presidência em 2018 é também problemático: "Alguém que defende de forma tão ferrenha um discurso de ódio, uma pessoa assim não pode representar de forma nenhuma o povo brasileiro".

Em mensagem%2C estudante protesta contra declarações homofóbicas de Bolsonaro Reprodução Internet

Ela contou que não chegou, em momento nenhum, trocar palavras com o deputado e, segundo a estudante, Bolsonaro entrou depois dela no avião. Sobre seu posicionamento político, a jovem declarou que no primeiro turno, nem ela e nem os membros do levante do qual faz parte manifestaram apoio a nenhum candidato à Presidência, mas, para o segundo turno, estão apoiando Dilma Rousseff (PT). Para deputado federal no Rio, a jovem e a militância da qual faz parte apoiavam o também petista Wadih Damous, que não foi eleito.

Leia: Jovem faz selfie irônica com Silas Malafaia dentro de avião e vira hit

Últimas de _legado_Eleições 2014