Concurso de Salto reúne diferentes gerações do hipismo em Teresópolis

João Eduardo Carvalho é promessa do hipismo para os Jogos Olímpicos 2016

Por O Dia

Rio - Duas gerações vencedoras do hipismo brasileiro se reuniram, neste fim de semana, e movimentaram a Região Serrana, com o "Concurso de Salto Haras EquiPrime", em Teresópolis. A competição promoveu o encontro entre o veterano — medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Atlanta-1996 e Sidney-2000, Luiz Felipe de Azevedo, e a promessa João Eduardo Carvalho, campeão do ranking da Sociedade Hípica Brasileira 2014 e Estadual na categoria Sênior Top 2014.

Um dos mais experientes do concurso Luiz Felipe destacou a alegria de poder competir ao lado dos novos talentos do hipismo do país. “Chegar aos 60 anos, competindo com essa garotada, me deixa muito feliz. Eu competi com o pai do João e, hoje, estou competindo com ele”, contou Felipinho.

João Eduardo Carvalho é promessa do hipismo para os Jogos Olímpicos 2016Divulgação

Esperança de medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, João Eduardo se disse privilegiado de participar do concurso com Luiz Felipe.

“É um evento importante para a minha preparação. E o Felipinho é uma grande exemplo para quem quer chegar longe. Não sonho pouco. Quero participar do Jogos no Rio. Vou trabalhar muito para me fortalecer e chegar com chances de conquistar uma medalha para o nosso país”, garantiu.

Além de reunir estrelas do hipismo brasileiro, o Haras EquiPrime vai receber entre os dias 31 de julho e 03 de agosto o Concurso de Salto Nacional.

“A expectativa é que tenhamos até 1.500 pessoas nos cinco dias do evento. Cerca de 400 conjuntos participarão da competição”, projeta o idealizador do Concurso de Salto Haras EquiPrime Marcio Rocha Mello.

João Eduardo Carvalho%2C jovem promessa do hipismo%2C e Luiz Felipe de Azevedo%2C duas vezes medalhista olímpico estiveram presenteDivulgação

A localização privilegiada, em plena Serra dos Órgãos, é um dos atrativos do Haras EquiPrime, que possui 42 hectares de floresta tropical. Além disso, a coudelaria é a primeira da América Latina a contar com tecnologia de ponta para reprodução, prevenção e tratamento de equinos. Há ainda a realização de diagnósticos por imagem, com aparelhos de ultrassonografia e raio-X digitais.

Últimas de Esporte