Conheça a jornalista russa que acusa Diego Maradona de assédio sexual

Ekaterina Nadolskaya estava no mesmo hotel onde ex-jogador argentino estava hospedado

Por O Dia

Rússia - Diego Maradona foi convidado para assistir a decisão da Copa das Confederações entre Alemanha e Chile, em São Petersburgo, na Rússia. Porém, a sua presença no país do próximo Mundial acabou sendo conturbada. O ex-jogador foi acusado pela jornalista local, Ekaterina Nadolskaya, de assédio sexual.

FOTOGALERIA: Conheça a jornalista russa que acusa Maradona de assédio

Segundo informações locais, o maior jogador da história do futebol argentino tirou parte da roupa da jornalista e tentou abusar dela. Neste momento, Ekaterina teria gritado. O ex-craque ainda teria oferecido 500 euros (aproximadamente R$ 1,9 mil) para a russa ter relações com ele. Após nova recusa, Maradona teria expulsado a jornalista do quarto. Ekaterina teria afirmado que só sairia com a presença da polícia.

Ekaterina Nadolskaya posa ao lado de Ronaldinho GaúchoReprodução Internet

A jornalista tem sido bastante ativa nas redes sociais, principalmente por conta da sua cobertura da Copa das Confederações. Ela é repórter de um canal de TV e tinha credenciais para os jogos realizados na cidade, inclusive a final da competição entre Alemanha e Chile.

Em seu perfil no Facebook, ela aparece ao lado do craque brasileiro Ronaldinho Gaúcho, que esteve recentemente na Rússia para promover a competição. Ekaterina Nadolskaya deverá participar da cobertura da Copa do Mundo do ano que vem.

Ela é considerada uma celebridade no país do próximo Mundial por sua beleza e desenvoltura diante das câmeras de televisão.

Últimas de Esporte