Casa cheia no Botafogo para ficar na boa e se isolar na ponta

Líder convoca torcida para lotar o Nilton Santos e amenizar crise financeira

Por O Dia

Rio - O time tem feito a sua parte em campo e, agora, espera a retribuição da torcida. Líder isolado da Série B do Brasileiro e com chance de aumentar a vantagem sobre os rivais, o Botafogo recebe o Boa Esporte, nesta sexta, às 21h50, no Nilton Santos, com a expectativa de casa cheia. E não é só pela motivação que René Simões quer ver a arquibancada tomada pelos torcedores.

Afinal, o clube segue enterrado em uma crise financeira — que obrigou a diretoria a negociar a rescisão de contrato de Marcelo Mattos —, mas os recursos conseguidos com a venda de ingressos, mesmo que não resolvam o problema, ajudam o Alvinegro a respirar.

Botafogo busca outro resultado positivo na Série BVitor Silva / SS Press

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

“Quero dizer aos torcedores que precisamos do apoio deles e que venham ao estádio para ajudar o time a sair desse sufoco financeiro que estamos passando. Que isso sirva para dar sequência nessa onda positiva e que possamos ajudar o clube”, disse o treinador.

Motivos não faltam para a torcida comparecer ao Nilton Santos, onde o Botafogo tem 100% de aproveitamento em 2015. Foram 12 vitórias em 12 partidas. Além disso, o time é líder invicto da Série B, com dois pontos a mais e um jogo a menos do que o Náutico, segundo colocado.
Se vencer hoje, o Botafogo iguala o melhor início de Segundona da história dos pontos corridos. Na campanha do acesso em 2009, o Guarani conquistou sete vitórias e um empate em oito rodadas.
O ambiente só não é perfeito para o duelo com o time mineiro, que está na zona de rebaixamento, por conta da saída de Marcelo Mattos.

Apesar da rescisão estar sendo negociada em um clima amistoso, o grupo sentiu a perda do volante, um dos líderes do elenco e capitão na ausência de Jefferson.

“Não aconteceu nada dos bastidores com o Mattos, foi apenas uma questão salarial. É um cara querido por todos e um dos primeiros a chegar aos treinos. O nosso time vai ter que se adaptar a isso, como já fez na ausência dele”, ressaltou René Simões, que escalará Giaretta como volante e Roger Carvalho na zaga.

Acusação de ex-mulher vira motivo de piada para Bill

O bom humor de Bill é inabalável. Jogador mais brincalhão do elenco alvinegro, o atacante manteve a alegria e as piadas no dia seguinte à acusação da ex-mulher, Sabrina de Oliveira Nascimento, que alega ter sido ameaçada de morte pelo camisa 9 do Botafogo.

O antigo casal vive um imbróglio na Justiça por conta do valor da pensão pago pelo jogador aos dois filhos. Sabrina registrou boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher de Bragança Paulista e utilizou como prova uma conversa gravada, através do celular, na qual Bill afirma que não poderia arcar com a quantia cobrada e que se suicidaria ou a mataria para encerrar, de uma vez por todas, a discussão.

O atacante não se mostrou nem um pouco abalado com a acusação, no treino da manhã de ontem. Pelo contrário. A situação virou até motivo de piada.

“Ele prometeu que não se mata antes do jogo (risos). O Bill está rindo e brincando com todos. Já falaram tantas coisas, que ele seria preso... Até hoje, não aconteceu nada”, disse o técnico René Simões.