Com período sem jogos do Botafogo, Giaretta diz: 'Melhor treino é o descanso'

Alvinegro tem dez dias até o próximo compromisso pela Série B

Por O Dia

Rio - Os dez dias até o próximo compromisso pela Série B poderiam ser de descanso, mas serão de recuperação física para o elenco do Botafogo. É assim que o técnico Ricardo Gomes pretende utilizar o longo intervalo entre a partida contra o Macaé, nesta terça-feira, e contra o Sampaio Corrêa, no início de outubro.

A manhã desta quinta-feira foi justamente utilizada para recuperar os jogadores. Alguns titulares não chegaram a ir a campo no Engenhão, casos de Jefferson, Renan Fonseca, Navarro e Roger Carvalho, que permaneceram na academia.

Os demais atletas fizeram trabalho físico no campo. Após a atividade, os titulares deixaram o gramado. Os reservas permaneceram para realizar treino com bola, comandados pelo técnico alvinegro.

"O que vivemos em setembro foi além em termos de cansaço, superação e desempenho. Conseguimos resultados bons e agora podemos descansar tranquilos. O melhor treino agora é o descanso. É bom para evitar lesões depois dessa sobrecarga. Estamos em situação tranquila para atingir nosso objetivo, então o descanso para nós agora é de suma importância. Falta de ritmo não vai acontecer", disse Diego Giaretta.

Oito pontos à frente do segundo colocado, com um jogo a mais, o Botafogo segue tranquilo brigando pelo título da Série B. O acesso à elite do futebol nacional parece já estar certo, porém os jogadores optaram por seguir a mesma linha de Ricardo Gomes: a cautela. Sem oba-oba e euforia, Giaretta garantiu um grupo tranquilo para o restante da disputa.

"Mais do que nunca podemos dizer que estamos tranquilos. Não seria correto dizer que não esperávamos essa situação, porque trabalhamos sempre com foco na Série B. Nunca saímos da zona de classificação. No fim do 1º turno perdermos a gordura que tínhamos e agora retomamos. Ainda não acabou, mas sem dúvida é uma situação confortável. Chegar agora com esperávamos, e agora queremos chegar a não subir", disse o jogador, que completou afirmando que não há ansiedade no elenco.

"Sempre nos colocamos com os pés no chão. Se existe ansiedade em algum de nós, ninguém demonstra. Não falamos sobre isso porque a Série B é difícil, e se hoje estamos nessa situação é porque tivemos uma atitude boa quando as coisas se complicaram."

O Botafogo volta a jogar apenas no próximo dia 2, contra o Sampaio Corrêa, às 21h, no Engenhão. Com 55 pontos, o Alvinegro é líder da Série B do Campeonato Brasileiro.