Resumo da rodada: Fla embala e sonha com G-4; Flu e Vasco perdem de novo

Rubro-Negro emplaca terceira vitória consecutiva no Brasileiro; Já o Tricolor e o Cruzmaltino amargaram a 3ª derrota seguida

Por O Dia

Rio - A alegria do Rio, mais uma vez, foi o Flamengo. O Rubro-Negro, pela terceira rodada do Brasileiro consecutiva, foi o único clube carioca a vencer. O triunfo sobre o Avaí, com destaque para os gols de Kayke, dá moral e confiança ao Fla, que se aproximou do G-4 e sonha com a Libertadores.

Kayke desencantou e fez dois gols na vitória do Flamengo sobre o AvaíGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O sonho de brigar pelo título está cada vez distante para o Fluminense. A terceira derrota seguida, justamente para o líder Corinthians - em jogo com gol tricolor mal anulado -, fez a diferença pular para 16 pontos. O Flu agora concentra as atenções na briga pelo G-4 - está a três do Atlético-PR, quarto colocado. O Timão se aproveitou da derrota do Atlético-MG para o Atlético-PR e abriu sete pontos de vantagem na ponta. O jogo do Galo também teve polêmica - expulsão de Marcos Rocha e pênalti contestado a favor do Furacão - a torcida mineira protestou com gritos de "juiz corintiano".

Fluminense não resistiu ao líder Corinthians em São PauloNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O calvário vascaíno aumentou. E com requintes de crueldade e de forma vexaminosa. O Cruzmaltino levou de 6 a 0 do Internacional, no Beira-Rio. Foi a pior derrota do Vasco na história do Brasileiro. O time está atolado na lanterna, são oito jogos consecutivos sem vencer, sendo cinco derrotas seguidas, e sete jogos sem balançar a rede. A diferença para o Goiás, primeiro time fora da zona da degola, agora é de 12 pontos.

Vasco levou de 6 a 0 do Internacional, no Beira-RioPaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

O Goiás, por sinal, deixou a zona de rebaixamento após a vitória sobre o Palmeiras, empurrando o Avaí para a 17ª colocação. Coritiba e Joinville, os outros dois times que estão no Z-4, tropeçaram na rodada. O Coxa, em casa, empatou sem gols com o Sport. O clube catarinense, também jogando em seus domínios, ficou no zero a zero com o São Paulo.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

O Cruzeiro também briga para espantar o fantasma do rebaixamento e ganhou fôlego. No primeiro jogo sem Vanderlei Luxemburgo, demitido, e sob o comando do auxiliar Deivid, a Raposa deu o bote e bateu a Ponte Preta no Moisés Lucarelli.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

Na quinta-feira, o Santos aumentou a sequência de invencibilidade no Brasileiro - são oito jogos sem perder - e bateu a Chapecoense, na Vila Belmiro, com dois gols de Ricardo de Oliveira - ele ainda perdeu um pênalti. O Peixe se aproximou do G-4 (a diferença agora é de três pontos).

O Grêmio está firme e forte no G-4 e não desiste de brigar pelo título. O Tricolor Gaúcho derrotou o Figueirense, no Orlando Scarpelli, e se aproximou do vice-líder Atlético-MG - a diferença é de um ponto.