Luxemburgo faz mistério e conta com a torcida para avançar na Copa do Brasil

Técnico afasta oba-oba e prega cautela contra o América-RN

Por O Dia

Luxa não quer dar pistas para o América-RNMárcio Mercante

Rio - O técnico Vanderlei Luxemburgo fez mistério na escalação do Flamengo para o segundo jogo contra o América-RN, pelas quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 22h, no Maracanã. O treino desta terça-feira, no Ninho do Urubu, foi fechado para a imprensa. A ideia do treinador é não dar brechas ao time de Natal.

"Por que tenho que dar vantagem no adversário?", indagou Luxa.

O zagueiro Samir, que retornou da seleção olímpica na manhã desta terça-feira, está relacionado para o jogo. Luxemburgo não confirmou o defensor no time titular: "Vamos ver amanhã (quarta-feira).

Na primeira partida, o Flamengo venceu o América-RN por 1 a 0, na Arena das Dunas, em Natal, gol de Gabriel. O time rubro-negro tem a vantagem do empate para o jogo de volta. A torcida rubro-negra já comprou 27 mil ingressos para a partida.

Confira a coletiva com Luxemburgo.

Maracanã cheio

Eu vou convocador o torcedor porque tem ajudado bastante o Flamengo. Duas rodadas atrás, quando fomos jogar contra o Figueirentese, estávamos muito mal. Dois jogos depois o Flamengo já saiu da confusão e já é candidato a ganhar a Copa do Brasil. Conhecendo o Flamengo, temos de ter cuidado. O torcedor tem de entender e quero que caminhe com a equipe. Meu foco continua o mesmo, para mim não mudou nada. A torcida tem de ajudar o time a ganhar para passar de fase.

Desfalques do América-RN

Nós temos que jogar esses 90 minutos para passarmos. Isso que interessa. Não podemos subestimar o América. No futebol, o pequeno pode ganhar do grande. É o único esporte que acontece isso.

Marketing no futebol

O time quando ganha, tudo fica muito melhor. O maior makerting no futeol é ganhar, facilita a vida de todo mundo. Não tenha dúvida de que, se o Flamengo avancar, o público será maior e pode vender o jogo melhor. Mas não estou preocupado com esse negócio de marketing, não. Quero é passar de fase e falo isso com os jogadores. Vai depender da nossa produtividade, tem que ter seriedade, e não oba-oba.

Chance de vencer um torneio nacional pelo Flamengo

Não devo nada a ninguém, nem a mim mesmo. Um cara que tem a carreira como a minha tem que se sentir orgulhoso. A minha trajetória é muito rica, mas no Brasil isso não é valorizado. Eu quero vencer sempre.

Bom ambiente

Ambiente é fundamental. Falei isso no primeiro dia no Flamengo. Queria sincronia entre tocida, comissao técnica, jogadores... O ambiente hoje é bem melhor do que quando cheguei. Estou satisfeito, mas tem que praticar para ficar bom. Temos que sair da confusão no Brasileirao e passar para a semifinal da Copa do Brasil. Soa melhor falar confusão do que rebaixamento, porque é ruim. Criei esse termo diferente.

Técnico querido

Eu sou um cara verdadeiro e isso gera inimigos no futebol. Na minha relação interna com jogaodres, e até mesmo com o convívio com repórteres e câmeras, é agradável. Com cartola é diferente.

Reportagem de Rodrigo Hang