Diretor do Flamengo admite frustração com Conca: 'Foi um ótimo negócio na época'

Rodrigo Caetano não comentou sobre possível retorno de Adriano

Por O Dia

Rio - O argentino Darío Conca foi uma das grandes contratações do Flamengo para 2017, mas pouco entrou em campo com a camisa rubro-negra. As boas atuações que teve pelo rival Fluminense não vieram e a frustração acompanha a trajetória do meia, segundo admitiu Rodrigo Caetano, diretor de futebol do clube.

Rodrigo Caetano comentou transferência de ConcaGilvan de Souza / Flamengo

O dirigente concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira e admitiu que o Flamengo tinha grandes expectativas com o argentino, apesar de ressaltar que o clube tinha noção dos riscos envolvidos na negociação.

"Conca veio com enorme expectativa. É um dos tantos que, ao chegarem aqui foram ovacionados. Vinha de lesão, sabíamos o risco do negócio, veio de duas cirurgias muito importantes. Só foi possível a vinda dele por que o Flamengo propôs a recuperação. Mas óbvio que frustra, esperávamos a recuperação mais rápida, que ele estivesse ajudando o Fla. Mas foi um ótimo negócio na época. Em condições normais, não conseguiríamos trazê-lo."

Além disso, Caetano falou sobre a possibilidade de Adriano voltar a vestir a camisa do clube. O Imperador afirmou que não precisaria nem receber para estar no Flamengo, mas o diretor preferiu desconversar.

"Difícil responder isso agora. Ele é um grande ídolo. Certamente era desejo de ter estado aqui antes, mas não tem como responder agora."

O Flamengo vem sofrendo com protestos da torcida nos últimos dias, até mesmo antes da derrota contra o Coritiba, por 1 a 0, no Paraná. Com 50 pontos, o clube ocupa a 7ª colocação no Brasileiro e vê a vaga na Libertadores ser ameaçada por Vasco e Bahia.