Perto de voltar à Primeira Divisão, Vasco amarga a segunda Série B sem o título

Em 2014, o Cruzmaltino se tornou o primeiro time grande a não voltar para a Série A com o primeiro lugar na era dos pontos corridos

Por O Dia

Rio - Ao chegar a 97% de chances de subir para a Série A do Brasileiro, o Vasco está perto da principal meta da temporada. Ainda assim, ficará devendo. Com a vitória sobre o Tupi, o Atlético-GO sagrou-se campeão e acabou com um dos objetivos do time de Jorginho em 2016. De quebra, os goianos aumentaram uma estatística negativa: será a segunda vez dos vascaínos sem conquistar a Série B.

Essa é a segunda vez que o Vasco garante o acesso sem erguer a taçaPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

Apesar de jogadores e Jorginho admitirem que o título da Série B não acrescenta nada à história do Vasco, todos reforçam que era obrigação clube grande conquistá-la. Tanto que, desde que a Segundona começou a ser disputada por pontos corridos, Grêmio (2005), Atlético-MG (2006), Corinthians (2008), Palmeiras (2013) e Botafogo (2015) foram campeões. O próprio Vasco havia conseguido, com certa facilidade, em 2009.

Em 2014, o Cruzmaltino já havia se tornado o primeiro grande a não voltar à Série A com o primeiro lugar nos pontos corridos — em outros formatos, Botafogo (2003), Fluminense (1998) e Grêmio (1992) também falharam — e voltou a repetir a marca.

"Nosso objetivo era conquistar três campeonatos. Não foi o que aconteceu, infelizmente", disse Jordi, que substituiu Martín Silva em dois jogos e voltará ao banco.

Líder desde o início por 28 rodadas, o Vasco se perdeu justamente na reta final, o que quase complicou o acesso. Sem o título, comemorar a volta à Série A na próxima rodada, contra o Criciúma, é o que resta.

"O grupo não esperava a queda de rendimento repentina. Pelo primeiro turno, esperávamos estar de férias a esta altura. Queremos ganhar bem para terminar o ano da melhor maneira", disse Jordi.