Polícia turca detém 423 pessoas por suspeita de ligações com Estado Islâmico

Maior operação foi na província de Sanliurfa. Agentes prenderam mais de 100 suspeitos e encontrou materiais relacionados com militância do grupo

Por O Dia

Turquia - A polícia antiterrorista da Turquia deteve mais de 420 pessoas por supostas ligações com o grupo Estado islâmico, disse a agência estatal turca Anadolu. Segundo a agência, 60 suspeitos de relações com o Estado Islâmico, a grande maioria deles estrangeiros, foram levados sob custódia na capital, Ancara.

A reportagem diz que um total de 423 pessoas foram detidas em operações policiais simultâneas em várias cidades, incluindo Istambul e Gaziantep, perto da fronteira com a Síria.

A maior operação foi na província de Sanliurfa, no sudeste do país, onde a polícia deteve mais de 100 suspeitos de vários endereços e encontrou materiais relacionados com a militância do Estado Islâmico.

A Turquia, que sofreu uma tentativa fracassada de golpe e dezenas de ataques ligados ao Estado Islâmico ou aos militantes curdos em 2016, tem intensificado seus esforços antiterrorismo.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência