Veja as cotações dos seguros mais vendidos no RJ e entenda o porque dos preços

O fato de um carro ser popular não necessariamente significa que ele terá um valor mais em conta

Por O Dia

Rio - Entre os indicadores decisivos na hora de escolher o carro, você considera o valor do seguro? Pois é, dependendo do modelo a apólice pode não sair nada barata. E não pense que, por exemplo, o fato de um carro ser popular necessariamente terá um valor mais em conta, pois uma série de elementos são levados em conta para compor o preço.

Ford Ka%2C bom e barato%2C também tem o seguro mais acessívelDivulgação

Um levantamento da Bidu Corretora aponta o valor médio dos seguros dos modelos mais emplacados em 2015, segundo a Fenabrave, no Rio. Na amostra, a apólice de um Fiat Uno custa em média R$ 2.195,74, quase o preço médio cobrado pelo Honda HR-V (R$ 2.338,37), bem superior ao primeiro. Isto acontece em razão das diversas estatísticas de sinistro, o que pode gerar grandes diferenças de fato. Um determinado carro pode ter um aumento grande no número de sinistros em determinadas praças em comparação com outras — e isso afeta o preço do serviço.

O levantamento da Bidu traçou como perfil base homem, casado, de 35 anos, sem filhos, residente em Botafogo e com trabalho no centro do Rio, com garagem em casa e no trabalho, uma configuração de baixa hipótese de sinistro. Daí Ford Ka, Fiat Palio e Volkswagen Voyage encontram-se com os menores valores, R$ 1.024,76; R$ 1.121,16 e R$ 1.246,58 respectivamente.

Na outra ponta estão a picape Fiat Strada, o Jeep Renegade e Toyota Corolla, com os maiores valores, R$ 2.375,66; R$ 2.792,33 e R$ 3.070,96 na ordem. No site bidu.com.br dá para cotar, comparar e contratar seguro em até oito seguradoras.

Últimas de _legado_Automania